quarta-feira, maio 23, 2007

"Meme"...


Mães da Nazaré, fotografia de Jean Dieuzaide


Olhei para a fotografia deslumbrada e um enorme carinho encheu o meu coração de lembranças.

Ao vaguear pelas
Viagens do Oeste os meus olhos ressaltaram de imediato para a beleza da imagem e fez-me recordar outras paragens, em que vi Mães trazerem assim os seus filhotes num equilíbrio perfeito e que sempre me assombrou.

Falo de África, claro… onde as mulheres, para além de os trazerem pendurados por panos à cintura, para terem os braços ocupados com coisas que carregavam, assim traziam os filhos, seguras de que não lhes fugiam.

Menina ainda, acompanhando os meus Pais, de visita a lugares que nem virão nos mapas decerto, pasmava com o equilíbrio que elas tinham, trazendo numa simples cesta, os filhos lá dentro.

Fico grata ao
Luís Eme pelo belo momento que descobri na sua página.

E porque a simpatia da
SeguradeMim me designou para um "meme", que segundo ela própria refere “…é um "gen ou gene cultural" que envolve algum conhecimento que passas a outros contemporâneos ou a teus descendentes. Os memes podem ser ideias ou partes de ideias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autónoma. Simplificando: é um comentário, uma frase, uma ideia que rapidamente é propagada pela Web, usualmente por meio de blogues. O neologismo "memes" foi criado dada a sua semelhança fonética com o termo "genes".

...mas como sou um ser que nunca consegue fazer na íntegra, aquilo que lhe pedem, e porque em palavras simples, poderei dizer que a Poesia é o alimento da minha alma e a Amizade a força do meu Viver, deixo aqui o meu "meme" em forma de um Poema...

Minha boca só irá abrir-se, se for para sorrir...
Chega de cavar buracos no caminho.
Chega!
Hoje, descobri que posso acalmar meu coração,
mesmo estando próxima de uma erupção.
Velhos hábitos já esquecidos.
Coisas tão pequenas
e tão importantes,
que tinham ficado para trás.
A minha música preferida,
aquele filme que tardava em ver,
sentar-me naquele banco do jardim
e, ficar a olhar o mar...
conversas agradáveis e coloridas,
o mimo dos amigos...um abraço apertado...
Ah, como pude esquecer-me disso?

Como?

A minha frase de todos os dias. Ou seja, o meu verdadeiro "meme":

"Não faças aos outros aquilo que não queres que te façam a ti"


Passo o testemunho a: Della-Porther. Graça Pires . Helena Domingues. Lua de Lobos. Viagens do Oeste .

Em tempo: O meu agradecimento especial à Amla do Frag(mo)Mentos II e ao José António do Caracol Caracolas pela gentileza que tiveram para com este blogue e dedico os seus Thinking Blogger Award, a todos os que têm a gentileza de me comentar. Obrigada.

20 comentários:

Teresa Durães disse...

e eu gostei do poema!

boa tarde

maresia_mar disse...

Olá
que bela forma arranjaste de nos dar a conhecer o teu «meme», adorei..
bjhs e bom resto de semana

DP disse...

Gostei, MESMO!
jnhs

alice disse...

também sou leitora do luís eme e muito me tenho congratulado nas visitas que lhe faço, tem textos muito interessantes e belíssimas ilustrações. adorei esta foto e gostei muito de ler o seu meme ;)*

Graça Pires disse...

Não há como um pouco de poesia e música para acalmar o coração.
Não vou quebrar essa corrento dos "meme". Aceito o desafio. Um beijo.

Isabel Almeida disse...

Concordo com quem diz que é uma bela forma de apresentares este meme. Realmente és uma pessoa fora do comum. Belas referências que aqui fazes bloguisticas.
Beijocas da Isa

pb disse...

Uma bonita forma de nos transmitires o teu meme e uma grande verdade encerrada nele, um beijinho

Luis Eme disse...

Obrigada pelas palavras e pelo "meme", Menina Marota.

Em relação ao teu "meme", apesar da sua simplicidade, diz-me muito. Recordou-me o meu pai, que me lembrou muitas vezes a importância de não cometermos os meus erros que cometeram connosco.

Se as pessoas se lembrassem destas palavras e as pusessem em prática o mundo seria um lugar mais tolerante e melhor frequentado.

della-porther disse...

Menina

adorei o texto e o "meme" muito apropiado. cresci ouvindo mamãe citar essa frase. ela dizia que se assim agíssemos seríamos mais tolerantes e mais felizes. e ela tem absoluta razão.

parabéns por trazeres aqui algo tão significativo.

um enorme beijo

della

Pedro Araujo disse...

obrigado pelos comentários.
ñ sei pq só apareceram agora, qd fiz a migração para a nova versão do blogger. Adorei o incentivo.

beijos



P:S: Vivi mts anos no Oeste, e foi com alegria q vi este post. estou já a investigar o blog!

amita I disse...

Deixo-te um beijinho...sabes porquê.
Mais tarde passo aqui para te ler.

Paula Raposo disse...

Gostei do meme, gostei do poema, gostei de tudo! Beijos.

TINTA PERMANENTE disse...

Nobre e grande a divisa de todos os dias a acabar um bonito poema.
(a fotografia das mães da Nazaré, embora tecnicamente excelente, não deixa de lembrar um (dos muitos...) período fraco da história lusa)
Abraços!

Bia disse...

és tu e pronto!
lembras-te que não és do meu signo? mas que temos muitas parecências? a erupção é uma delas...
é muito bom sabermos que o nosso coração ainda tem coisas tão nossas que o mantêm sereno.
Ninguém esqueçe...
o teu "meme" é lindoooooooooo
Beijinho e bom fim de semana

José António disse...

.

Olá Menina Marota,

Agradeço a referência ao meu 'louco' Caracol Carolas onde tudo acontece.

Este teu nosso ? blog é uma referência na blogosfera, cada vez mais incontornável no panorama da difusão da poesia portuguesa. Em especial da tua.

Mereces todo o apoio e carinho por tanta Beleza e Amor que transmites em cada palavra que escreves.
Eu farei todo o possível na divulgação deste espaço verdadeiramente único.

Continua !

Bjs

.

Kalinka disse...

Parabéns pela distinção com o «Même».

Pelo kalinka poderás também ler sobre o «Même» que recebi:
"Para ser grande, sê inteiro:
nada Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa.
Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim, em cada lago a LUA toda
Brilha, porque alta vive.
"Ricardo Reis"

Beijinhos.

isabel mendes ferreira disse...

subscrevo a tua Frase/meme.



____________________--



inteiramente.






bom dia.

aaron@iol.pt disse...

Concordo com o que já disseram. Gosto da tua forma de sentir.
Bjinhos do aaron

pitanga disse...

É como eu dizia no post anterior. Às vezes é preciso olhar em volta e dizer às pessoas que nos cercam:
"espera que eu vou ali VIVER e já volto".

beijos

Maria disse...

Gostei do poema.
Gostei do meme.......

Bom domingo