sexta-feira, maio 18, 2007

Harmonia


Imagem de Lissa Hatcher


A Lua dilui-se na tua pele que suavemente toco,
o Vento beija,
ciumento,
o teu cabelo como um louco...!
À volta,
mil espíritos arfantes sorvem a visão
dos truques mágicos
que aplica em teu corpo a minha mão...

Teu cerne arrepiado, rendido, provado
harmoniza-se com minh'alma,
vê-se transportado,
do que sentimos ao que nos une,
aquele sonho lindo
de sermos um em dois... chorando...

e sorrindo...!


Rui Diniz in Corte d'El-Rei (Pág.27)



Capa do Livro

Para quem vive no Porto ou arredores, o Rui informa que o livro se encontra à venda aqui

16 comentários:

APC disse...

Fortíssimo!... E ao mesmo tempo delicado.

A ti, Menina, os votos de um belo fim-de-semana.

O tempo falta-me, mas quando o uso por aqui, ele é bem usado!

Um abraço! :-)

Era uma vez um Girassol disse...

Lindo, lindo!
O amor na sua forma mais pura...
Podes tirar tudo o que quiseres do girassol...
Um beijinho

al cardoso disse...

Excelente divulgacao de um poema lindo, acompanhado com uma foto magnifica!

Um abraco d'Algodres.

c:) disse...

Sempre a mesma sensibilidade, a mesma delicadeza de formas e de cores, a harmonia do verso, a sonoridade inefável da música, a busca constante do belo e da perfeição, características raras que tornam os teus blogs obrigatórios para inesquecíveis momentos de espiritualidade.

Bem hajas pelo muito que nos dás.
B'jinho
C:)

aaron@iol.pt disse...

A Harmonia que se sente em ti e nas tuas escolhas. Gosto da musica. Transporta-me a sítios que gosto de imaginar.
Beijos do aaron

................
.g
.o
.s
.t
.o
.
.d
.e
.
.t
.i
...............
(não consigo comentar o outro, o meu favorito, sabes qual é, tens que arranjar aquilo, ou vais-me obrigar a abrir um blogue só para te comentar?!)

Paula Raposo disse...

Belíssimo poema!!

O meu comment disse...

Finalmente já consigo comentar!!!!!

MARIA VALADAS disse...

E são nestes castos poemas que me encontro... e fazem-me adiar a partida...

Beijinhos da

Maria

Maria Clarinda disse...

Lindoooo! E lá estarei eupara o comprar.
Adorei, obrigada mai uma vez pela partilha.

Unicus disse...

Existe delicadeza nas palavras. Uma sugestão a ter que ser mais do isso.
Beijos MM

Pink disse...

Muito belo este post: foto e poema em sintonia perfeitas e de uma beleza única.

Adorei a minha visita ao teu cantinho, que tenho descurado por falta de tempo. Por tal me penitencio :-)

Um beijo grande

Júnio disse...

A natureza em comunhão com dois corpos em um, assim enobrece o sentimento.
Beijos.

sofialisboa disse...

olá que surpresa encontrar o Rui Diniz escrito aqui...o mundo é mesmo pequeno bjs sofialisboa

Anónimo disse...

não fikas zangada se disser k gosto mais da foto k do poema? é k não gosto lá muito de poesia. tb gosto da musica!!!
beijocas da Susy

Anónimo disse...

Um momento perfeito, onde a musica a imagem e o poema se harmonizam de uma forma bela e delicada.
Deixo-te MM este poema de um dos meus poetas favoritos:


O dia, hoje, foi uma taça plena,
o dia, hoje, foi a imensa onda,
hoje foi toda a terra.

Hoje o mar tempestuoso
nos levantou num beijo
tão alto que estremecemos
à luz de um relâmpago
e, atados, descemos
para submergir sem nos desabraçar.

Hoje nossos corpos se fizeram extensos,
cresceram até ao limite do mundo
e rolaram fundindo-se
numa só gota
de cera e meteoro.

Entre nós dois se abriu uma nova porta
e alguém, sem rosto ainda,
ali nos esperava.

Pablo Neruda; Los Versos del Capitán


beijo.te na palma da mão
AH

Ana Borges disse...

*****
de tirar o folego!!!!