quinta-feira, dezembro 12, 2013

Dezembro

Último mês de um final que se anuncia
E voltam todos os outros envoltos nos mistérios em que se designam
E voltam as palavras e os desafios
E voltam os homens de boa e má fé
E voltam os sorrisos e as lágrimas
E voltam as promessas
(As que se cumprem e as que nunca se cumprirão)
E volta a Primavera e o Verão
E volta o sonho e a angústia
E sobe o poder e a fome continua
Voltam a verdejar as folhas que no chão caíram
E nos ramos agora despidos as flores recomeçam a florir.
Outro ciclo se inicia.

 

"Não te esqueças de mim,
dizem os homens uns aos outros,
afastando-se."
(Casimiro de Brito)

7 comentários:

Duarte disse...

E nós, aqui, com frio, uma injustiça!
Excelente duo formado pelo conjunto da imagem e do texto, tão adequado, gosto!
Também para ti FELIZ NATAL…
Com um grande abraço

Anónimo disse...

Adorei, querida amiga! Um beijo e um abraço apertado. <3 E assim, vamos sendo...

Manuel Luis disse...

Votos de boas festas com muita saúde.
Bj

José P.L. disse...

É a realidade.
Retribuo os desejos de felicidades.

MARIUS disse...

Deixa-me parabelizar-te pela escolha da música de fundo do blogue. É fantástica e não me canso de ouvi-la.
A realidade de um ciclo de vida que só termina mesmo quando nós terminamos é o que sobressai do teu tão bem conseguido poema e comn o tema desta música faz arrepiar.
Sabes que amo o que escreves, todos nós aqui te amamos por tudo o que consegues transmitir e por essa tua força poderosa de vida.

NO ABRAÇÃO QUE TE ENVIAMOS VÃO OS VOTOS DE UM FELIZ NATAL COM TODOS OS QUE AMAS!

DA FAMÍLIA SALGADO

Manuel Veiga disse...

belo e sensível, como é teu timbre...

beijo

© Piedade Araújo Sol disse...

a sensibilidade num belo poema....

beijo

:)