domingo, julho 14, 2013

O magnetismo da música

Um domingo calmo apesar de cinzento e meio frio.
O Verão zangou-se das queixas sobre o calor (ou terá sido dos políticos?) e resolveu voar para outras paragens.
A música devolve-me a energia que sinto frenética no corpo e deixo-me embalar.
Há nos seus sons um prelúdio que se eleva num movimento ritmado a que não consigo escapar.    
46.25 minutos de magnetismo que resolvi partilhar .

 (desligar a música de fundo para ouvir o vídeo, p. f.)

Na dança da vida
a música toca a melodia
que sentimos na alma.  


10 comentários:

Duarte disse...

Que maravilha!!! Danças?
Uma melodia para deixar-se embalar, que não acabe nunca!!!...
Aqui continua, este Estio, a aquecer-nos bem o corpo, menos mal que alguém veio a apaziguar o momento... obrigado.
Aquele abraço amigo

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

Peter disse...

Gostei do vídeo que não conhecia. Depois terminas com chave de ouro:

"Na dança da vida
a música toca a melodia
que sentimos na alma."

Boa semana.

Peter

A.S. disse...

Ah!... Uma delicia!
Apetece convidar-te para dançar! Contudo, fecho os olhos por instantes e deixo que o pensamento me transporte a todos os fascinios...

Grato pela tão doce partilha!

Beijossss...!!!
AL

Daniel Aladiah disse...

Querida Otília
Sou fã do Phil Collins. Obrigado.
Baijo
Daniel

Mar Arável disse...

Cantai cantai...

Mateus Medina disse...

Sou um dos reclamões que espantaram o calor rsrs

Mas Phill Collins o traz de volta =)

bjos e obrigado pela visita

Benno disse...

Dias frios e cinzentos aqui são raridade, mas a beleza da música é a mesma. O Sol arde inclemente, mas os ouvidos suavizam.
Ser misterioso é o segredo.
Quem diz algo intrigante é lembrado, quem esclarece é logo esquecido. Por isso, sem promover nenhuma claridade, a palavra do poeta é eterna.

MARIUS disse...

Querida MM:
É sempre um prazer visitar teu blogue. A seleção de musica que escolheste é fantástica e a tua poesia revela-se a cada poema que nos ofereces.
Gostei de cá voltar. Perdoa a ausência por estes lados mas a vida nem sempre é como a queremos.
Mil beijões meus e das Anas.


----Perdoa a repetição do comentário mas enganei-me no local e voltei a repeti-lo!! Bjokas.

Vera Lúcia disse...


Olá.

Música é uma das minhas paixões.
Adoro ouvir Phil Collins e me deliciei com as músicas.
Você tem um ótimo gosto musical.

Beijo.