quinta-feira, junho 20, 2019

Depois da chuva



Abre a janela, e olha! 
Tudo o que vires é teu.
A seiva que lutou em cada folha,
E a fé que teve medo e se perdeu.

Abre a janela, e colhe!
É o que quiser a tua mão atenta:
Água barrenta,
Água que molhe,
Água que mate a sede...

Abre a janela,
quanto mais não seja,
Para que haja um sorriso na parede!

Miguel Torga – in Diário XV




Sempre me identifiquei com este poema.  Direi até: adoro este poema!
E abro a janela. E sorrio. 
E apetece-me Verão. Dias quentes. Sol.
Os pássaros chilreiam debicando o prato de comida que coloco a meio do terraço, debaixo da mesa, ao lado de uma taça de água. 
Agora, sem o Sting a assustá-los, é vê-los empurrando-se ou, muito simplesmente, mergulhando as cabecitas na taça de água. 
Esvoaçam ou saltitam de um lado para o outro. Desisti de os fotografar. Ao mínimo movimento levantam voo. Mas... é uma delicia observá-los.
A gata Yuki de visita, em férias, em minha casa, segue-os com aqueles grandes olhos amarelos. Acho que ainda não tinha dado bem conta, noutras visitas, da existência de tais exemplares soltos no terraço, habituada que estava a ver o Pipoca na sua gaiola amarela
Até me assustei quando a deixei ir apanhar sol e uma pega, nada habituada a ter o terraço ocupado com tal ser, começou a grasnar com tal força que corri a tirar de lá a gata, não fosse ela atacar a bichana tal eram os gritos que dava. 
Aquela ave preta e branca de cauda bastante comprida é assídua visita do meu terraço. 
Primeiro uma, depois outra, agora são um par que fazem companhia aos pardais e outros pequenitos de que não sei o nome e lhes roubam os bocados de pão que coloco no prato. 
Divirto-me com estes pequenitos que alheios à minha presença saltitam de um lado para o outro na luta de migalhas para a sua sobrevivência. 
E cantam felizes.

Um visitante na hora do lanche
Que estará a dizer a Yuki ao Pipoca?
Será que o bicharoco já se foi embora?

Amanhã chega o Verão. Chegará mesmo?  

30 comentários:

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Vejo-te atrás da janela
A abanar para mim
Como que a dizer assim:
Veja que manhã tão bela!

E Miguel Torga revela
Não ser a janela afim
Da parede, mas o fim
Da mesma, a demarcar ela

Como abertura ao infinito
A mostrar quanto é bonito
O espaço aberto lá fora.

Parede sorrindo, é mito,
Sugere espaço restrito
Feito prisão que se mora!

Grande abraço! Laerte.

Pedro Coimbra disse...

O Torga é eterno.
Beijos, bfds

Teresa Durães disse...

O poema é lindo!

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Gostei do poema de Miguel Torga que não conhecia e as fotos estão espectaculares, aproveito para desejar um bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

MARIUS disse...

Finalmente um sorriso na parede!! Começas e muito bem com Torga mas o texto seguinte mostra o respeito que tens pela natureza. Fazes bem alimentar a passarada que cada vez mais vê queimado o habitat natural. Amei as fotos e a gata é um estrondo!! Lamentamos a tua saída do facebook. Cá em casa esperamos o teu regresso a Isabel acha que voltas. Esperemos que sim.
Um abração do tamanho do mundo.

Ana Isabel Salgado disse...

Amada amiga do meu coração o Marius não referiu algo que eu lhe disse para escrever no inicio da primeira quinzena de Julho estaremos em Portugal. Queremos ver-te e abraçar-te. Como sempre a tua surpreendente sensibilidade nas mais pequeninas coisas faz deste mundo um local melhor. Adoramos-te
Recebe o meu abraço e montes de beijos nessa carinha laroca.

Emília Pinto disse...

Quero, em primeiro lugar, agradecer -te a visita ao Começar de novo e depois dizer-te que gosto muito d3 calor e sol; o inverno deprime-me, com aqueles dias escuros de chuva miudinha que nos obriga a ficar em casa, de preferência deitados no sofá em frente à lareira acrsa. Costumo dizer que sei por que os brasileiros, angolanos e outros andam sempre alegres, apesar das dificuldades; o sol faz milagres! Vivi anos no Brasi, os meus filhos são brasileiros e, agora em Portugal, o que mais me aborrece é o inverno muito longo e o verão curtinho e com pouco calor. Obrigada pela visita e espero vę-la mais vezes lá na minha casinha. Um beijo e bom fim de semana
Emília

Mar Arável disse...

Torga sempre
em todas as estações
Bj

chica disse...

Adorei o poema e as fotos uns amores! Muito legal aqui! beijos, chica e ótimo verão por aí!

Olinda Melo disse...


Olá, Bom dia


Miguel Torga, nas suas palavras eternas.
E o seu texto tão mimoso. Adorei.

Tentei segui-la, não sei se ficou,
pois não consigo inserir a foto do
meu blog.

Voltarei para verificar.

Agradeço-lhe imensamente a visita
ao "Xaile" e as suas simpáticas
palavras.

Bj

Olinda

Kalinka disse...


Gosto do seu REGRESSO
esperei...o dia!

Nas próximas horas...
e dias também,
ficarei só, mas feliz
Espero ansiosamente
ter a minha casa, só para mim
adoro o meu "cantinho"

Não quero saber do Mundo lá fora
lá longe
apenas ter paz de espírito, silêncio!

OLÁ MENINA MAROTA
o POEMA É LINDO!
também olho pela janela
o mundo lá fora

os meus netos têm um passarinho e tb gosto de o ver meter a cabecita na taça de água.

pois, não tenho terraço nem visitas interessantes
tenho uma varanda onde me visitam pombas horrorosas
que só deixam caca por todo o lado...
odeio

Depois de 2 semanas e meia de ausência, estou de volta à blogosfera!
Aproveito hoje e ando a espreitar os espaços dos amigos,
e as novidades que fui perdendo...

Boa semana, beijos da Tulipa

Há post novo, aqui:
http://tempolivremundo.blogspot.com/

Victor Barão disse...

Minha amiga, Marota, compreendo a ânsia pelo Verão que ainda agora (antes de ontem) chegou temporalmente no calendário, mas já teima em chegar climaticamente. O que parecendo ou até sendo contraditório também me preocupa a sua chegada, porque cada vez mais é difícil distinguir as estações do ano e até por isso, ao menos aqui pelas minhas bandas, interior Sul, acabou por chover tão pouco no Outono e Inverno, que em certa medida quase chega a ser incomodo tão só adivinhar o calor seco do Verão _ de que eu também gosto e pelo mesmo anseio, em especial quando previamente há verdadeiro Inverno _ se é que em faço entender!

De qualquer modo gosto e muito de toda esta partilha, do Poema de Miguel Torga, passando pela bela foto, até um texto com que me identifico em absoluto, porque cá em casa também disponibilizamos de manhã e à tarde comida às aves silvestres, incluindo água em permanência; por outro lado, há anos que não existem gatos cá em casa, mas adoro-os, neste último caso, mas o curioso é que a Menina Marota, tenha ficado com receio que uma pega atacasse a Yuki, quando por norma é o inverso que acontece! :-)

Muitos parabéns pela partilha e todo o seu encantador conteúdo que adoro e agradeço, como tal.

Excelente resto de Domingo e bom São João

Abraço

VB

© Piedade Araújo Sol disse...

o poema de Miuel Torga é lindo.
bem voltada!
obrigada pelos coments no meu maresias

Bom domingo

beijinhos


:)

Graça Pires disse...

Sou fã do Torga. O poema é muito belo. Gostei de a ver na fotografia, minha Amiga. Está rejuvenescida…
Uma boa semana.
Um beijo.

Acrescenta Um Ponto ao Conto disse...

Caros amigos leitores,
estamos de volta com um novo "conto" escrito a várias mãos. Desta vez inspirado em "A Quadrilha" de Carlos Drumond de Andrade.

Convidamos-vos a ler o primeiro capítulo
https://contospartilhados.blogspot.com/2019/06/variacoes-em-quadrilha-capitulo-1.html

Votos de excelente semana
Saudações literárias!

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO ! disse...

Esse blog destila a beleza da blogueira e destila ternura em todas as letras e palavras.
Posso te seguir Menina Marota?

Jaime Portela disse...

Também gosto deste poema do Miguel Torga.
E do teu texto, que é magnífico.
Para além da tua foto (continuas linda...).
Menina, continuação de boa semana.
Beijo.

Kodak Khrome disse...

Uma Menina rodeada de animais
fica sempre bem
nada melhor que os animais
para sabermos que o amor existe
amor esse que nem sempre
está presente entre os homens.

Miguel Torga
excelente como sempre

bom fim de semana
:)

Maria Rodrigues disse...

Um belo poema e maravilhosos "olhares".
Bom domingo
Beijinhos
Maria

Azka Kamil disse...

awesome article..
thanks for sharing :)

José Pinto Lopes disse...

Excelente e tranquilizador.
fico sempre muito feliz ao passar os olhos no seu blogue.
muito obrigado.

Ana Tapadas disse...

E eu adorei tudo aqui: Torga; o sorriso; as fotos e o excelente texto pleno de vitalidade!

Beijinho

Maria Rodrigues disse...

Passando para desejar um excelente fim de semana.
Beijinhos
Maria

Teresa Durães disse...

Hoje venho fazer campanha, Portugal se permitir a exploração de litium cursos de água serão desviados e contaminados, num país com historial de seca. Ajuda-me a ajudar-te.

https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=alertalitiopeticao&fbclid=IwAR1AQjxhbJJwbp_GPn28Ovl9T2nSIHVWF_T5kaZ-Ycxxg8c3QMdOnOMLG_A

Às margens de mim. disse...

Passando para atualizar minha presença no nosso mundo virtual. AbraçO!

leandro rodrigues no youtube: https://www.youtube.com/channel/UCbaBK10wauvjFuQkjt-DfDw disse...

leandro rodrigues no youtube: https://www.youtube.com/channel/UCbaBK10wauvjFuQkjt-DfDw

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++



FYI: Portugal is a Big Racist & Xenophobic Country! DONT bother visiting there or Buying their Goods!!

Portugal is the Biggest Racist country that i have ever lived in. I feared for my life there and i consider myself lucky that my family got out alive! I have never lived in such poverty (Sopas dos Pobres everyday) 40% unemployment rate and 60% of the population earn less than $932 USD per month, and that's considered Middle Class here! Within the European Union it is the worst of the worst place to live.

The bottom line is the bulk of the People in our poor country exist in a brainless comma that is fed by Ignorance, anti-Spanish hate, and severe Racism of pretty much everybody that isn't Portuguese! And, Portugal started the Global Slave Trade in 1441 so it is definitely NOT a safe place for Blacks!!

I found important websites that explain the Severe multi-generational Racism and Hate that exist in Portugal today, and i highly encourage all to read them and spread the word in order to avoid innocent, and desperate people from living or visiting there. Get educated on the Truths about Racist Portugal now.



1) https://www.theroot.com/a-white-journalist-discovers-the-lie-of-portugal-s-colo-1790854283

2) https://saynotoracistportugal.neocities.org/

3) http://www.discoveringbristol.org.uk/slavery/routes/places-involved/europe/portugal/

4)SOPAS DOS POBRES EVERYDAY IN PORTUGAL BECAUSE OF NON EXISTENT ECONOMY:

https://www.noticiasaominuto.com/pais/764453/sopa-dos-pobres-foi-criada-ha-anos-mas-ainda-existe-problemas-persistem

5) http://www.ipsnews.net/2011/10/portugal-crisis-pushes-women-into-prostitution/

6) https://www.theatlantic.com/business/archive/2013/06/the-mystery-of-why-portugal-is-so-doomed/276371/


Be SAFE friends. Hugs.
===========================================================================================================

Jornalista Douglas Melo disse...

"MM"
Gostei de conhecer esse teu espaço
Voltarei mais vezes, para ver as novidades, pois, passei a lhe seguir.
Até breve!

MARIA DA FONTE disse...

Lindo mesmo! Adoro Miguel Torga

Era uma vez um Girassol disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Era uma vez um Girassol disse...

O poema é lindo,obrigada! O verão acabou, chegou o Outono ainda solarengo.Beijinho da flor