segunda-feira, julho 30, 2018

Quando o Verão nos passa pela cara...

Finalmente... segundo os entendidos... ele está a chegar: o Verão. 
O Verão de sol resplandecente e calor abrasador a apetecer mergulhar na água fresca...
Ele está a chegar... O Verão!🌞
Bom dia! 
 🌻

Pintura de Carolina Landea

Como quem num dia de Verão abre a porta de casa 
E espreita para o calor dos campos com a cara toda, 
Às vezes, de repente, bate-me a Natureza de chapa 
Na cara dos meus sentidos,
E eu fico confuso, perturbado, querendo perceber 
Não sei bem como nem o quê...

Mas quem me mandou a mim querer perceber? 
Quem me disse que havia que perceber?

Quando o Verão nos passa pela cara
A mão leve e quente da sua brisa,
Só tenho que sentir agrado porque é brisa
Ou que sentir desagrado porque é quente,
E de qualquer maneira que eu o sinta,
Assim, porque assim o sinto, é que é meu dever senti-lo...


Alberto Caeiro, "O Guardador de Rebanhos”,
 in Obras Completas, Vol. I, a págs. 195


Em dia do meu aniversário flores para vós que me acompanham ao longo dos anos.
Obrigada!

6 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Um beijo para comemorar o aniversário.
Que venham muitos mais e com muita felicidade e saúde.

Graça Pires disse...

Alberto Caeiro: o meu Pessoa preferido…
Reitero tudo o que falámos e tudo o que lhe desejo para mais este ano que ontem começou. Um beijo muito Amigo, MM.

Majo Dutra disse...

As minhas congratulações pelo seu aniversário.
Que o seu novo ano seja repleto de realizações, sucesso e contentamento.
Saudações poéticas.
~~~~

Teresa Durães disse...

Adoro Alberto Caeiro!

Duarte disse...

E como chegou, que calor!
Besitos

Manuel Luis disse...

Já passaram uns dias, deixo aqui o meu beijo e os votos de que se repitam por muitos e bons anos.
Saúde.