sábado, dezembro 24, 2016

Natal 2016




HISTÓRIA ANTIGA

Era uma vez, lá na Judeia, um rei.
Feio bicho, de resto:
Uma cara de burro sem cabresto
E duas grandes tranças.
A gente olhava, reparava, e via
Que naquela figura não havia
Olhos de quem gosta de crianças. 

E, na verdade, assim acontecia.
Porque um dia,
O malvado,
Só por ter o poder de quem é rei
Por não ter coração,
Sem mais nem menos,
Mandou matar quantos eram pequenos
Nas cidades e aldeias da Nação.  

Mas,
Por acaso ou milagre, aconteceu
Que, num burrinho pela areia fora,
Fugiu
Daquelas mãos de sangue um pequenito
Que o vivo sol da vida acarinhou;
E bastou
Esse palmo de sonho
Para encher este mundo de alegria;
Para crescer, ser Deus;
E meter no inferno o tal das tranças,
Só porque ele não gostava de crianças.

Poema de Miguel Torga.

<3 span="">


O Sting e eu desejamos que o espirito Natalicio se estenda em todos os corações.
Dia 25 de Dezembro é a data do Nascimento do Menino Jesus.

Feliz Natal

Foto pessoal com o Sting a tomar conta do Presépio. 

3 comentários:

Graça Pires disse...

Minha querida amiga, espero que o seu Natal tenha sido muito abençoado e que 2017 seja o melhor dos anos.
Gostei de encontrar aqui o poema do Miguel Torga,tão dentro do espírito natalício.
Um grande beijo.

Lune Fragmentos da noite com flores disse...

Nesta noite bem fria de Reis, deixo votos de Bom Ano 2017!

Menina Marota disse...

Grata a ambas pela presença e palavras.
Aproveito para vos desejar um óptimo 2017.
Um abraço