sexta-feira, agosto 29, 2008

Andar nas nuvens...

Um dia destes alguém me dizia que eu tinha ar de quem andava nas nuvens!

Sinceramente, já aludiram várias vezes a que eu tinha ar de… marota, boa rapariga, vaidosa (nem sou) de senhora do seu (meu) nariz e mais uns tantos adjectivos que agora não recordo, mas de andar nas nuvens, nunca ninguém o tinha referido, até hoje, claro…e até me atribuíram um prémio por isso!

Despertei a vossa curiosidade? Eu conto…

Passeava calmamente pelas alamedas da blogosfera quando, de repente, a minha atenção virou-se para as imagens que se seguem e respectivo texto.

Em síntese, refiro que pediam para identificar o local


Reminiscências florestais passadas, que fazem parte de memórias e locais felizes, entre família e amigos, fizeram com que atirasse para o “ar” o primeiro nome que me ocorreu…

Surpreendida, leio num comentário, no tema anterior, o seguinte: “A Menina ganhou um prémio! ;) Queira por favor recebê-lo:”

Nem acabei de ler o resto… segui o caminho indicado e acabei por descobrir que me queriam mandar para
estas nuvens…




Que me dizem? Aceito o prémio? Valerá a pena o risco?

Ou será preferível continuar a ver as nuvens cá de baixo?

Fotografias daqui

31 comentários:

C Valente disse...

Cada um seja igual a si mesmo, voar
nas novens, nem todos têm essa felicidade
Saudações amigas,

Orlando disse...

O sonho comanda a vida...

Anónimo disse...

kem não arrisca não petisca!!! cá por mim arriscava deve ser uma viagem emocionante. falta saber como será. parapente? avioneta? páraquedas? já sabes ou não?
Beijossss da Lita

Anónimo disse...

Uma pergunta, se me é permitido: a bela mulher na linda praia deserta, é a Menina Marota?
Seja ou não, a renovação gráfica do blogue é uma bela surpresa, uma alegria para os olhos.
z

De Amor e de Terra disse...

Olá linda, bom dia!
Porque não aceitar?
Será que nunca deste pelo facto de que com enorme frequência, sonhamos de olhos abertos e por isso "andamos", realmente nas nuvens?!
Bom, mas a decisão é tua!!!

Beijos e bom fim de semana.

Maria Mamede

wind disse...

Aceita, sonhar é bom:)
Beijos

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

:)
Muito grata pela simpatia!
Beijinhos

sinestesia crepuscular disse...

Não há nada de mais certo que "Ver para Crer"
Bjs
Pepe

Sérgio Figueiredo disse...

Todos temos o dom de sonhar. Temos a sorte de sonhos lindos, maravilhosos, mas que não passam de sonhos. Há também, os menos importantes, aqueles que nos querem mal mas, esses...não merecem palavras.
Neste momento, por exemplo, apetece-me estar nas nuvens ou a desfrutar a beleza das das árvores que nos mostras. Tudo ao som desta agradável música tema do filme que retrata a vida calma e prazerosa de uma tribo índia e que conquistou o coração de Kevin Kostner.
"Dança com Lobos".

Decide bem.

beijinhos
sérgio

Teresa David disse...

Eu aceitava porque me parece que deve dar uma sensação enorme de leveza andar a passear nas alturas e de fardos pesados estamos nós fartos.
Bjs e bom fim de semana
TD

António disse...

O meu conselho é:
não levantes os pés da Terra!
(eu não sou poeta...ah ah ah)

Beijinhos

DE-PROPOSITO disse...

Podes ir. Mas vai de avião. E desfruta o espectáculo maravilhoso que é ver as nuvens de cima.
Felicidades.

Pena disse...

Simpática Amiga:
O facto de "anar nas nuvens" como lhe disseram é porque é uma linda sonhadora.
Quem não "veste a pele" do sonho?
Quem não vive pensando na beleza de viver sonhando?
São qualidades majestosas de encanto e maravilha.
Quanto ao prémio?
Olhe faça como entender. Eu sou muito céptico nas coisas.
Parabéns por "andar nas Nuvens".
Beijinhos amigos de estima, respeito e consideração imensa.
Sempre a admirá-la

pena

É belo sonhar, amiga!

Fernando Rozano disse...

por que não sonhar? siga em frente. meu abraço.

Ana Paula disse...

Uma visita até às nuvens, parece-me muito bem. Mas com passagem de regresso incluída! :)

Muitos parabéns por este prémio que revela grande poder de observação e boa memória!

Beijinhos e bom fim-de-semana...

Maria Clarinda disse...

Claro que sim...é tão bom andar nas nuvens...eu acompanho-te...damos pulos de nuvem em nuvem, cambalhotas...rimos muito, e voltaremos com a cabeça...nas nuvens!
Jinhos mil

pb disse...

Claro que deves aceitar. Saltar de nuvem em nuvem, passar pelo meio delas, etc. Aceita e depois conta como foi !! Um Beijinho

Anónimo disse...

Um belo blogue. Repleto de sensações e verdades. Deixo aqui também o meu canto se quiser trocar algumas impressões;

www.marianacama.blogspot.com

Daniel Aladiah disse...

Querida Menina
Tão bom andar nas nuvens :) Eu que o diga :) São, muitas vezes, o meu refúgio...
Um beijo
Daniel

Barão da Tróia II disse...

Aceita, mal não faz!

acqua disse...

E cá estou a conhecer-te, demorei, mas vim. Os dias estão curtos por aqui e eu apresso-me, mas me perco, tropeço e sigo...
Cá estou e diante de um espelho a refletir-me: vivo nas nuvens e como gosto de ser assim. Meus pés perderam o rumo do chão há tempos.
Eu gosto de estar entre elas, dispersa e longe do mundo e das pessoas que dizem ter os pés no chão.
Gostei daqui e linkei lá no meu ninho.
Beijos meus...

Eduardo Aleixo disse...

Menina Marota

Não nos estejas a enganar. És mesmo marota. Estás a brincar. Sabes bem que vais aceitar. Que não vais estranhar. Se já andas nas nuvens, se conheces bem Orion, com as suas praias de conchas de jade, se já dormiste, vezes sem conta, nas almofadas de corais, nos oásis da Ursa, a Maior, como podes estranhar? Tu conheces bem a beleza do mundo, onde não há separação entre as estrelas e o deserto, entre o choro dos poentes e a solidão das grutas sub-aquáticas, tu sabes que é pelas madrugadas que os deuses se levantam do colo da terra, no momento em que as gotas de orvalho dizem adeus ao céu que se levanta à medida que o sol nos diz bom-dia, tu sbes, ou devias saber, pois que vives em dois mundos, o mundo do verde e o mundo diáfano das nuvens.
Desculpa a intromissão, resposta à tua marotice ternamente...poética.
Beijo.
Eduardo

Santa disse...

O blog continua lindo!!

Pena que não posso visitar teu blog mais vezes. Depois do acidente que sofri fiquei com movimentos no teclado mais limitados. Mas, estou quase boa, perfeita...


Sinto saudades!!!

Baby disse...

Um prémio não se desperdiça, ainda mais se for para subir ao cume daque pico que se adivinha por entre as nuvens. E então a "menina marota" que já está habituada a andar nas alturas...Aceita!!

Micas disse...

Sonhar é voar... não deixes nunca de voar :)

Beijinho

Graça Pires disse...

Pelo sonho é que vamos, dizia o poeta... Aceite.
Um beijo.

Paula Raposo disse...

Eu aceitaria....beijos.

Pan disse...

Viver nas nuvens deve ser como Guliver se sentia no país dos anões. Tem pelo menos uma coisa boa. Sendo tudo pequeno não se vêm os defeitos de ninguém. :)

Nilson Barcelli disse...

Eu acho que deves aceitar e mergulhar nelas de cabeça...
Mas, se não o recebeste, já deve ser tarde... as nuvens já devem ir tão longe que já não as apanhas... ou então eclipsaram-se...

Beijinhos.

bettips disse...

Precisamos todos de um pouco de nuvem: para sonhar ou para tapar um sol de inconveniência, tantas vezes. Neste caso, acho que te é permitido sonhar, com essas árvores elevadas ao céu.
Bjinho

Ruvasa disse...

Viva, Menina!

E então? Uma menina marota não pode andar nas nuvens?

Beijinho

Ruben