terça-feira, dezembro 04, 2007

Prémio

A minha admiração por Graça Pires é muito anterior à criação dos meus blogues. Descobri a sua poesia em 1991 quando por altura do meu aniversário, me ofertaram um livro de poemas de sua autoria. A partir daí não perdi o seu percurso poético e quando casualmente encontrei o seu blogue, fiquei deveras satisfeita por isso, porque poderia "in loco", apreciar a sua obra.
Foi com um misto de ternura e satisfação que aceitei o prémio que ela teve a gentileza de me dedicar. Partilho-o segundo as normas do regulamento...

Regulamento:

Eis os parâmetros inerentes à condição:

1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que consideras serem bons, entende-se como bom os blogs que costumas visitar regularmente e onde deixas comentários.
2. Só e somente se recebeste o prémio “Diz que até não é um mau blog”,deves escrever um post:- Indicando a pessoa que te deu o prémio com um link para o respectivo blog;
- A tag do prémio;
- As regras;
- E a indicação de outros 7 blogs para receberem o prémio.
3. Deves exibir orgulhosamente a tag do prémio no teu blog, de preferência com um link para o post em que falas dele.

Indico os seguintes blogs:

Alba
Casario do Ginjal
Da Praia da Granja
Maria Clarinda
Odele Souza
Porosidade Etérea
Rosamármore




Imagem de autor desconhecido

De Novembro

Vem de Novembro
esta seiva impetuosa,
onde as raízes da utopia
se perpetuam no sangue,
como um percurso alienado.

Um outono de sede
no interior descuidado das mimosas,
a semente e o parto
das amoras doces,
um carnaval cinzelado
no limite de um balão de vidro.

É noite de morrer
para adiar a vida,
noite polar
à medida da náusea
do que se aceita e recusa,
antinomia do vazio das mãos.

Vem de Novembro
a forma antecipada do prazer
e, por isso, todos os lugares são verdes.

De mãos erguidas
junto das nascentes,
convoco o inacessível
e construo os cenários
da infância que não tive.

Agora vou ser livre
de percorrer o vento
em linha recta,
de receber os afagos
às mãos cheias,
de pintar em todas as paredes
as bonecas de trapos que não fiz.

Agora posso marcar
um percurso feliz
no caminho que leva
à outra margem,
ou fabricar um enredo
onde a minha imagem,
petrificada e bela,
seja sempre o reflexo
do crepúsculo que se extingue.

depois, a vida há-de mover-se
como um vendaval inesperado,
mas nada toldará a limpidez
das lágrimas e da noite,
no ritual quotidiano de estar só.

(Poema de Graça Pires )

O Palavras de Ouro 112 dedicado à poesia de Graça Pires, poderá ser ouvido aqui e ainda o poema deste texto, ambos na voz de Luís Gaspar - aqui
(Desligar p.f. a música de fundo para ouvir o poema)

24 comentários:

Inês Ramos disse...

Muito obrigada, Menina Marota, pela indicação do meu blogue. Mas é-me difícil escolher apenas 7 blogues que considero serem bons (para além do seu). De toda a maneira vou seguir a sua indicação e visitar os que recomenda.
Um beijinho,
Inês

Graça Pires disse...

Menina, obrigada pelas palavras e sobretudo por este poema do meu primeiro livro que, de repente, me fez recuar a essa época tão cheia do meu entusiasmo. Vem de Novembro... Um beijo

Maria Clarinda disse...

Milhões de beijos de obrigada, no fim de semana quando regressar(espero)claro que farei referência...fiquei bastante feliz com o teu carinho.
Quanto ao poema da Graça Pires não podia vir mais ao encontro de toda a amalgama de sentimentos que neste momento me percorrem...
Jinhos.

Luis Eme disse...

Aceito o prémio com todo o gosto, Menina Marota.

Mas não vou seguir as regras, porque sempre passei ao lado destas correntes, que premeiam, muito bem, os blogues.

Abraço

herético disse...

parabéns. merecido prémio.

adorei o poema.

beijo

O Profeta disse...

Continuas um oceano de sentires...


Pelo caminho da minha lembrança
Semeei o vago na tua procura
No tear da incontrolável vontade
Teci-te um manto da…seda mais pura…


Boa semana


Mágico beijo

Monte Cristo disse...

Sabes? A poesia da Graça Pires é como a saudade: bela, mas dolorosa.

Talvez por isso gostemos tanto dela.

Até já.

Odele Souza disse...

Menina,
Estou aqui para além de lhe fazer uma visita, agradecer pela referência ao meu nome para o prêmio, ao qual agradeço. O melhor prêmio ainda é a visita e o comentário dos amigos deixados em nossos blogs, prova de que de alguma forma os conquistamos pelas palavras. Você, sem dúvida é uma dessas pessoas que a todos conquista,pela qualidade do que você escreve e por sua simpatia.

Um abraço com muito carinho.

Vieira Calado disse...

Vou ver o blog da Graça Pires.
Parabéns pela nomeação.

José M. Barbosa disse...

É muito bom. Do que de melhor há na feminilidade.

Z.

Bichodeconta disse...

Boas escolhas, também são lugares onde gosto de passar habitualmente..um beijinho, ell

hora tardia disse...

a Graça.Pires.


:)



tudo mas tudo merecido.



bjjs. às duas.



/piano.

Daniel Aladiah disse...

Querida Menina
Mas alguma vez tiveste maus blogs? Que eu conheça, não! Parabéns!
Um beijo
Daniel

Paula Raposo disse...

Um poema belíssimo!! Beijos.

Mariane Monteiro disse...

Parabéns pelo prêmio...adorei o poema..eu sou de novembro!!!!!!

Pena disse...

Adorei ler o poema de sua escolha de uma poetisa brilhante que fiquei a conhecer através do seu maravilhoso gesto.
Graça Pires, não esquecerei, prometo.
Expressa uma liberdade e um optimismo patente no seu lindo versejar encantador.
É um encanto e linda Menina de estarrecer.
Está visível na sua postura e atitude de encantar.
Beijinhos amigos de profunda estima por si.
É uma raridade, sabe?
Sempre a tê-la ao meu lado.
Desejo-lhe tudo de maravilhoso.
Beijinhos de ternura.
O sempre presente e ao dispõr.

pena

Graça Pires disse...

Agora não posso deixar de dizer o meu bem-haja pela divulgação. São de facto raros estes generosos gestos. Mas você é mesmo especial.
Um beijo.

Anónimo disse...

Vim aqui através de uma amiga.
Valeu a pena. Sob todos os aspectos. A generosidade é um bem que poucos alcançam. Parabéns por assim ser.
Luiza S.

Anónimo disse...

Esqueci de referir a musica
Simplesmente divinal!!! Parabéns pela escolha.
Luiza S.

helena disse...

Minha querida,
Primeiro que nada, quero dar-te os parabéns pela tua nomeação, a qual é bem merecida; não apenas pelo que escreves (que é sempre muito bom)mas por ti mesma que és de uma generosidade imensa, partilhando com quem te lê o trabalho de outros, como é o caso deste poema lindíssimo da Graça Pires a quem dou os parabéns pela sensibilidade com que escreve.

A Sulista disse...

Voltámos à classe e à qualidade com que nos habituaste...que
bom :-)

Aqui, respira-se paz, com esta música, imagem e poesia.

Beijos Grandes

Daniel Aladiah disse...

Querida Menina
Festas felizes!
Um beijo
Daniel

Pena disse...

Querida Amiga:
Esta poetisa encantadora Graça Pires é mágica na forma como concebe um versejar tão puro, sentido e lindo. Fala com simplicidade, mas com uma objectividade magnífica e que nos leva ao enternecimento do seu sentir muito franco, doce e sensível.
Sabe, gostaria de conhecer mais o seu puro sentimento decorado por palavras que se juntam com harmonia e deslumbre.
Um talento vivo gigantesco da poesia actual.
Beijinhos amigos e um a ela.
Sempre presente com estima sincera
Respeitosamente

pena

Não esqueço: Graça Pires!

Anónimo disse...

Estou de volta. Um problema de saúde afastou-me do teu convívio e não imaginas como fiquei feliz por ler o teu email de preocupação. Há poucas pessoas como tu, sabias? que tão desinteressadamente se preocupam com o seu semelhante. Bem hajas. Não foi desta vez que o meu coração levou a melhor. Sou mais forte do que ele e afinal a vida é tão bonita!!
Já conheço pela tua mão também, a poesia se Graça Pires. Já a li no PP creio. Muito merecido o prémio e muito belo o poema.
Felia natal Bjsss do
aaron