quarta-feira, novembro 29, 2006

...Minh’alma resolveu


Imagem de Howard Schatz

“...Minh’alma resolveu ser mais capaz que eu..."
João Batista do Lago

A poesia está na alma
de cada um de nós e
quando ela
nos ultrapassa,
elevando-se,
fazendo das palavras
seus versos,
bailando
a cada momento
na ponta
de nossos dedos,
então Poeta...
valeu a pena
entregar
o nosso íntimo ao
labirinto
do pensamento
no calor
do alvorecer
e sugar
da alma
todo
o Universo.

41 comentários:

canela_e_jasmim disse...

Concordo e subscrevo inteiramente!

Lindo!

E esta música... de morrer...!!!

Um abraço, minha querida.
Clotilde

Cristina disse...

Linda foto, lindo poema
:)
beijinhu

Dono do Bar disse...

Ler-te ao som de um tango, foi como um delicioso prato acompanhado de precioso vinho.

Beijos.

DB.

pianola / Sonia R. disse...

Lindíssimo. Bom dia Menina Marota.

Sida, 25 anos depois.

pintoribeiro disse...

E bem. Resolvido. Bom dia, abraço,

Morgaine disse...

e viva a poesia e os poetas contadores de paixoões :)
bjs

KIM PRISU disse...

A inspiração reside no alento
de todos e mais uns de laços e
todavia ela
nos sobrepuja,
ascendendo-se,
actuando nas locuções
vossos cantos,
saracoteando
a tal ensejo
na extremidade
de própria mestria,
nesse caso Vate...
amparou a amofinação
outorgar
o próprio âmago ao
enredo
do espírito
na canícula
do branquejar
e libar
da energia
soma
o Cosmos.


Boa tarde com sol…..
Beijinhos para o Porto, diz por lá de me convidar a fazer uma exposição… eu gostava….
beijinhos

Isabel disse...

Linda a tua alma.
Lindo o teu poema.
Sabes que um dia a minha alma tambem decidiu ser mais capaz do que eu.
E foi.
Um dia eu decidi não me separar mais da minha alma.
Agora juntos, somos capazes de tudo.

Volterei aqui mais vezes.

Foi um belo momento.

Isabel

Adryka disse...

Minha linda amiga, concordo plenamente com o teu poema, está fantástico. tens uma veia poética maravilhosa.
Beijinhos amiga

maria alice disse...

Desculpa esta intromissão.
No meu blog, tenho uns chapelinhos muito bonitos, nos quais podes estar interessada.
Vai lá ver e fala comigo!

Anónimo disse...

Belíssimo todo o desenho poético da imagem. Nem sempre de palavras se faz e se alimenta a poesia.

Um abraço e até um dia destes

MARIA VALADAS disse...

Que linda maneira de expressar sentimentos tão sublimes...em poema!

Nada mais posso acrescentar do que render-me ás evidências!!

Um bom fim de semana....
Beijinhos mil....
Maria

Antonio Melenas disse...

É isso, a poesia que nos vai na alma, só vale a pena quando nos ultrapassa. Bonito, bonito!
Bjs

Kalinka disse...

Que lindo momento de boa poesia.
Senti-me bem.

Bom fim de semana XXL.
Bjs.

João Batista do Lago disse...

Frutação

(Para Otília Martel, Menina Marota.)

Por João Batista do Lago

Sinto que a árvore plantada no meu coração,
Não flora mais em espinhos da juventude.
Hoje, frondosa, consciente e voluptuosa,
Cobre de boa safra a superfície do meu chão.
São tão doces estes frutos em nascediço,
Que não tenho direito de os ter só para eu.
É preciso distribuí-los a todos em morrediço,
Para salvar o demos da miséria e da corrupção.
................................................................................
São frutos de amores densos de canção,
Que singram mares e se vão plantar
Nos pomares de sentimento e de paixão.

Era uma vez um Girassol disse...

Sim, Marota, a poesia está na alma e tu tens alma de poeta!
Muito bonito este poema e a música!Beijinho

pintoribeiro disse...

Abraço,

rouxinol de Bernardim disse...

UM MONUMENTO À POESIA!!!

asn disse...

Antes de mais. A música de fundo é muito agradável. Há dias até entrei de novo no IE para mudar de blog mas poder continuar a ouvi-la.
Acabei de ler um comentário de parabéns à minha netita Mafalda e fiquei/ámos curioso/s com a sua entrada acerca de que tinha uma notícia.
Mais um belíssimo poema acompanhado por uma iguamente belíssima pintura.
Bj
António

aavozaida disse...

Que lindo!
O seu poema, a música, a foto...

Para si, Otília, Menina_Marota

Se

Se eu soubesse pintar
Os meus poemas seriam pinturas

Se eu soubesse compor
Os meus poemas seriam música

Se eu soubesse esculpir
Os meus poemas seriam esculturas

Se eu soubesse dançar
Os meus poemas seriam bailados

Mas sei apenas escrever
E os meus poemas são tão-somente palavras.

beijos
Zaida

Jofre Alves disse...

Passei para ver o blogue, apreciar os artigos, admirar a prosa poética, e o resultado é agradável, como sempre. Óptimo fim-de-semana.

pintoribeiro disse...

Abraço,

DE PROPOSITO disse...

Sim, acredito que a poesia está em toda a parte, até nas pequeninas coisas.
Uma musica muito bonita, que nos prende ao blogue, e a deixamos ficar como musica de fundo.
Fica bem.
Manuel

Velutha disse...

" A poesia está na alma de cada um de nós..."
Um bonito poema de quem tem alma de poeta e deixou que as palavras se transformassem em verso.
Gostei muito.
Um beijo

Anónimo disse...

"valeu a pena entregar o nosso intimo ao labirinto..."....valeu a pena passar por aqui.

pensamentos_vagabundos disse...

obrigado pela sua visita ao meu cantinho...
lindo blog de palavras regado por uma musica linda...
beijo vagabundo

Tiago disse...

"sugar da alma todo o universo", um terminar de um belo sentir, que remete-nos para o infinito da nossa imaginação.

passei para agradecer o comentario, mas nao so, tb para apreciar o que aqui é poisado, gostei muito e voltarei.

bjs e um bom fds
Tiago

Peter disse...

"sugar da alma todo o Universo", gostei.

charlie disse...

Só vale a pena viver quando se suga a alma do Universo. É das particulas dele que somos feitos, e toda a evolução da vida caminha no sentido da grandeza do íntimo, espelho do infinito.
Bonito poema....bjka

Teresa David disse...

Os sentidos á flor da pele, sempre uma forma fantástica de se estar vivo.
Bjs
TD

Anónimo disse...

Lindo. Na tua alma estará, com certeza.

Bom fim de semana.

pintoribeiro disse...

Gostei. Bom domingo, abraço,

Wakewinha disse...

Ou como dizia outro poeta, um dos meus preferidos, "vale sempre a pena, quando a alma não é pequena"! ;)

Adivinhas quem voltou? Pois é, estou cá de novo, e mais uma vez com vontade de te apadrinhar, se é possível que façamos novo baptismo!!! Deixas? O selo não saíu do Voz Oblíqua, pelo contrário até ganhou linha de destaque.

Um beijinho muito grande,
*W.

{{coral}} disse...

Olá Menina Marota,

Delicias de palavras fazem-nos estar presentes sempre neste cantinho.

Desejo-te boa semana.
Beijo
{{coral}}

pintoribeiro disse...

Abraço, boa semana,

Lumife disse...

Belo momento que partilhaste connosco. A palavra, a imagem e a música um conjunto que nos prende e demora a nossa saída.

Parabéns

Convido-te a visitar um novo blog de poesia de uma patrícia minha:

http://maisvidas.blogspot.com

Beijos

Paula Raposo disse...

Sem palavras para tão belo poema!! Beijos.

Unicus disse...

O poema é lindissimo e sensorial.
Quase táctil. belo, belo.
Beijos O.

aaron@iol.pt disse...

Finalmente abriu o blogue. Estava dificil!!
Que posso comentar ao que já foi dito? Que gosto muito mais quando abres a tua alma e nos dás poesia maravilhosa como esta?
É um facto que já repeti imensas vezes e de que sabes!!!
Maravilhoso o poema!!!

Beijinhossss do aaron

António Silva disse...

Cara amiga as minhas desculpas sinceras pela tua preocupação, mas alguns afazares não permitiram a continuação do meu magnífico trabalho no Blogue do Pensador.
Ainda bem que tudo se encontra bem comigo, obrigado pelo teu carinho e preocupação, espero sinceramente nestas férias natalícias continuar a surpreender-te. Aproveito para divulgar o meu novo mail, porque o anterior já não existe ... filosofocriativo@hotmail.com
Relativamente ao poema continuas a surpreender, bela selecção, bela pintura e excelente fundo musical.

A poesia para mim é vida
chama, ardor, paixão, amor
tristeza, alegria, luz e calor
que nos impele para a sabedoria.

Sabedoria com que crescemos
vivemos, partilhamos, sonhamos
sentimos, adoramos e prezamos
porque sem ela vagueavamos como selos.

Escrever não se assegura fácil
as palavras por vezes não saem
a emoção, a alegria faz-nos bem
contando, inventando, recriando torna-nos hábil.

É tudo isso que a Poesia representa
podemos namorar, prosar ou versejar
tal como voar, sonhar ou velejar
porque verdadeiramente tudo nos encanta e movimenta.

Sem mais um bom feríado e bom fim de semana, são os meus votos mais sinceros de amizade.

APC disse...

Perfeito!