domingo, novembro 05, 2006

Hoje apeteceu-me...


Imagem da Angie

Hoje apeteceu-me colar-me à cadeira
Auto-estrada, 60 70, terceira
Passa um, 90 100, quarta
Passa-os a todos, 120 130, quinta

Acelerar, tirar o cinto e Ligar o cruzeiro
Abrir os braços e do carro, voar para fora
Descolar suavemente como um veleiro
Ver a estrada toda e ir-me embora

Aumentar, crescer
Ver a cidade, passar os dedos pelas ruas
Mergulhar no mar de espuma a ferver
Olhar a um lance paisagens que são tuas

Aumentar, expandir
Segurar o planeta na mão
conhecer as plantas, os bichos, o porvir
Abraçar o sol no braço da constelação

Aumentar, consentir
Percorrer galáxias num segundo
Trespassar conglomerados, ver o Mundo
Olhar nos olhos de Deus e com ele me fundir



(Poema de P Az in O Zigurate )

10 comentários:

wind disse...

bonito:)
beijos

lena disse...

hoje apetecia-me abraçar-te, doce menina

aumentar o ritmo e percorer o que me está impedido...


um doce beijo e o meu abraço que vai cheio de ternura e carinho


lena

António disse...

Querida MM!
E assim se atinge a velocidade da luz...ou a luz, ela mesma?

Beijinhos

mfc disse...

Hoje apeteceu-me (re)visitar-te e dizer as saudades que tinha!

Cintia Diedrich disse...

E quantas vezes nos da essa vontade de voar!

Muito lindo!

bjos

Era uma vez um Girassol disse...

Também me senti transportada...
Lindo!
Bjinho

Joe Nunes disse...

Uma música belíssima!! Se não me engano é de Randy Newman não é?
Acompanha muito bem este momento, que te digo também me apetece muitas vezes!!
Cpmtos do J. N.

as velas ardem ate ao fim disse...

Muito bonito..lindissimo!´

Bjinhos

APC disse...

"Aumentar, crescer
Ver a cidade, passar os dedos pelas ruas
Mergulhar no mar de espuma a ferver
Olhar a um lance paisagens que são tuas".

Genial! Genial!...

asminhasbijuterias disse...

mt bom, danos uma sensação de liberdade ao ler este poema. bjs