segunda-feira, julho 03, 2006

Quente, o teu coração quente


Óleo de Felix Mas

Quente, o teu coração quente
pulsa no lusco-fusco.
Palpita em toda a casa
deserta que nos vê.
Galga as sacadas altas,
corre nas avenidas.
É o silêncio do amor
que abre as veias na tarde...

Quente, o teu coração quente,
é uma estrela no escuro
que a pele das tuas mãos
prolonga em minha pele...
quem te amou e é já morto
renova a primavera.

Oh! doce comunhão
de desejo e infinito,
de saudades e de céu,
de paraíso e grito!

Água clara e tremente
a boca, a sede, a fonte.
Flor de sangue à corrente
o teu coração quente.


(Poema de Natércia Freire)

18 comentários:

Bernardo da Maia disse...

Muito bonito este poema. Mais uma vez em grande aqui neste seu espaço.Neste seu espaço que todos os dias é um pouquinho meu tb.Pois não dispenso uma espreitadela.

E com isto e depois de ler e ouvir este lindo tema vou dormir..

Beijos

pitanga disse...

Quando se ama de verdade sente-se o coração do outro só ao encostar da pele. Meu deus como é bom!
beijos da pitanga.

pitanga disse...

Voltei. Vá à pitangueira. Há saudades e lembranças de um tempo que se foi.

Manel do Montado disse...

Voltarei depois de dormir um pouco.
Para quando algo teu?
Beijo e bom amanhecer

Guilherme F disse...

Menina, agradeço a passagem e as palavras. Vejo que aqui reina a poesia; as imagens; os sons. Como um cais em que apetece prender amarras e ficar (sentir).
Bjs

Carlos disse...

vagueando ... somos dois ... e no vaguear em ti ... lindo o poema

Ana Sobral disse...

Natércia Freire, tão pouco divulgada é uma surpresa para mim, que não conhecia este poema dela; a imagem é de uma rara beleza e a musica como sempre de encantar; o carinho que se denota em tudo que colocas nos teus blogues fazem com que me sinta tão bem e tão serenamente acomodada que nem me apetece sair.

Minha menina linda
tentei comentar o teu outro blogue
http://www.mgrande.com/weblog/index.php/eternamentemenina/
mas não consigo comentar; eles não abrem; acabei por te enviar por mail porque não sei como fazer.

Beijinhos nesta serenidade que me contenta da
Ana Sobral

Miguel disse...

"Flor de sangue à corrente
o teu coração quente."

Belo poema!

Bjks da Matilde

zecadanau disse...

Só para deixar um @bração após o meu regresso de uma ausência mais ou menos breve.

Zeca da Nau

A Rapariga disse...

Um belo poema da Natércia Freire.
Um grande beijo para ti, menina.

SentadaAoLuar disse...

Mt bonito ;)

LUA DE LOBOS disse...

Olá

É só para te dizer que vou estar no Hotel Íbis em Gaia na próxima terça feira a assinar o Gato Pedra, o meu último livro, a partir das 21.30.

Adorava que aparecesses e que levasses amigos/as.
Levo também os outros meus livros pois já não se encontram no mercado...

Xi coração
Maria de São Pedro

Joe Nunes disse...

Natércia Freire, ainda bem que alguém a recorda...já tinha lido num outro blig teu, mas onde não consigo comentar. Está interdito a comentários? Nem parece teu, apesar de que vejo que lá comentam, só não sei como são capazes!! eu não sou com pena minha. Envio mail, ok?

Cpm do

J.N.

AS disse...

Trazes-nos hoje um belissimo poema da Natércia Freire!... Lindoooooo... e com tão profunda expressão poética!...

Um abraço MM

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

lindo :)
beijinhos

Sulista disse...

desculpa a intromissão Menina mAROTA mas este poema lindo e o título, tambem se adequam perfeitamente ao momento...coração quente...acabou de tocar o hino...o jogo vai começar! Portugal Olé!!!!!!

Ehehehehehe
Beijinho Grande

lena disse...

Natércia Freire uma poeta que leio, belo este poema que nos deixas, e que posso eu dizer? sinto-me tão pequena, quando leio poemas assim...

só assim consigo comentar:

Esse nome

Esse nome, Poesia! Esse nome, esse nome...
Esse rito, esse mito, o chacal das angústias

Essa arma de fogo que repele e que explode,
Que o peito te alimenta e te come e te come!

O deserto a florir. O oceano a sangrar.
Tanta ave a subir das ruínas ardentes.
As pedras removidas. Os Templos abalados.
Os segredos dos deuses no fumo desvelados.
...

Natércia Freire
Os Intrusos


um beijo meu menina linda e abraço-te com ternura

lena

Nuno disse...

Poderia me dizer o nome da musica que toca no site?

responda para:
" nuno_leirinha_07@hotmail.com"

obrigado.