quarta-feira, janeiro 08, 2014

Ousadia

Vazia
minha alma
de pensamentos amorfos.

Cheio
meu coração
de sentimentos felizes.

Quedo-me
levitando na imaginação
da ousadia do sonho.

Amanheço
nos teus olhos como borboleta
nas pétalas de uma flor.

Anoiteço, sorrindo.

   (desligar a música de fundo para ouvir o vídeo, p. f.)

10 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Lindo maravilhoso!

Eu ás vezes anoiteço chorando...

Mas adorei

tenho poste novo.

beijo
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

heretico disse...

a beleza suave e sensível de teus poemas.

um privilégio saber-te. sempre

beijo

Graça Pires disse...

A ousadia dos sonhos... é escrever o que se sente.
Um beijo, amiga

Duarte disse...

Versos plenos de ilusão, cheios de vida, tons de piano e essa voz, que beleza para os sentidos… obrigado.
Abraços de vida

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Mas que belo ciclo...
Assim permaneçam os sonhos...

:)

Jaime A. disse...

"Vi" este poema, estas imagens, à medida que o lia.
Feliz 2014.

Bel disse...

Lindo!
Estive ausente durante muito tempo do meu blog, agora estou de volta e ficou muito feliz por ver que ainda continuas por cá.
Passa por o meu blog :)
Beijinhos e uma excelente semana
Bel

Manuel Luis disse...

E que seja assim ao longo do ano que começou.
Bj

Benno disse...

que poema lindo!!!!

amanheço
nos teus olhos como borboleta
nas pétalas de uma flor

você é daquelas que tiraram da ponta da minha língua o que eu queria dizer... esqueça o que eu disse em meu blog, pois na verdade eu amo os grandes poetas e escritores de paixão, tanto é que os tenho guardados em minhas prateleiras
beijos

© Piedade Araújo Sol disse...

ousar o sonho e assim se faz poesia com sensibilidade.

beijo

:)