quinta-feira, dezembro 12, 2013

Dezembro

Último mês de um final que se anuncia
E voltam todos os outros envoltos nos mistérios em que se designam
E voltam as palavras e os desafios
E voltam os homens de boa e má fé
E voltam os sorrisos e as lágrimas
E voltam as promessas
(As que se cumprem e as que nunca se cumprirão)
E volta a Primavera e o Verão
E volta o sonho e a angústia
E sobe o poder e a fome continua
Voltam a verdejar as folhas que no chão caíram
E nos ramos agora despidos as flores recomeçam a florir.
Outro ciclo se inicia.

 

"Não te esqueças de mim,
dizem os homens uns aos outros,
afastando-se."
(Casimiro de Brito)

7 comentários:

Duarte disse...

E nós, aqui, com frio, uma injustiça!
Excelente duo formado pelo conjunto da imagem e do texto, tão adequado, gosto!
Também para ti FELIZ NATAL…
Com um grande abraço

lectorsoul disse...

Adorei, querida amiga! Um beijo e um abraço apertado. <3 E assim, vamos sendo...

Manuel Luis disse...

Votos de boas festas com muita saúde.
Bj

Zé Pinto Lopes disse...

É a realidade.
Retribuo os desejos de felicidades.

MARIUS disse...

Deixa-me parabelizar-te pela escolha da música de fundo do blogue. É fantástica e não me canso de ouvi-la.
A realidade de um ciclo de vida que só termina mesmo quando nós terminamos é o que sobressai do teu tão bem conseguido poema e comn o tema desta música faz arrepiar.
Sabes que amo o que escreves, todos nós aqui te amamos por tudo o que consegues transmitir e por essa tua força poderosa de vida.

NO ABRAÇÃO QUE TE ENVIAMOS VÃO OS VOTOS DE UM FELIZ NATAL COM TODOS OS QUE AMAS!

DA FAMÍLIA SALGADO

heretico disse...

belo e sensível, como é teu timbre...

beijo

© Piedade Araújo Sol disse...

a sensibilidade num belo poema....

beijo

:)