domingo, maio 29, 2011

À MESA DO AMOR




Bebo este café que as tuas mãos
me oferecem. Sabor de todas as mães ainda grávidas,
leite de lava vegetal, esplendor negro
no fruto branco do olhar.
Hoje é um dia igual a dias tão iguais,
café nos lábios, sol lavado, uma leitura,
jornal e poema. Oposição clara dos olhos à celebração
do corpo. Tomo este café
num tempo de obscuras certezas, de claríssimas dúvidas,
o tronco inclinado para o dia,
a voz merecendo-se, o peito em busca de respostas.
Uma palavra jovem, imediata, livre,
reúne todos os meus ossos. A língua desce
os degraus do açúcar. Sorvo a sorvo,
identifico-me, saúdo-te.
À mesa do amor.


Poema de Joaquim Pessoa in À Mesa do Amor (1994)
Ilustrações de
Isabel Mendes Ferreira



Imagem de Alaya Gadeh

14 comentários:

Heloisa disse...

TAO, MAS TAO BELO!!! E...A PINTURA ESCOLHIDA,ENFIM...E' ESCOLHIDA POR SI*, MARAVILHOSA AMIGA!

_OBRIGADA!!!!!

ESTEJA MUITO BEM E, DESPERTE-ME SEMPRE PARA O ENCANTAMENTO DAS SUAS ESCOLHAS E...DAS SUAS PROPRIAS PEROLAS!!!!

BEIJINHOS!


SUA AMIGA, DE SEMPRE,

Heloisa

José Pires F. disse...

Um livro que me falta e não devia faltar, tanto pelos poemas do Joaquim como pelas ilustrações da Isabel.

Obrigado por me o recordares e um beijo.

Um abraço também para o Joaquim e um beijo para a minha querida amiga, I.

lobices disse...

...belo
...coneço pessoalmente Joaquim Pessoa e a poesia dele é excelente
...um beijinho para ti, Amiga

maria carvalhosa disse...

Lindíssimo, Otília, minha amiga. Como tudo o que Joaquim Pessoa escreve.
Obrigada por este conjunto delicioso que aqui nos serves, à "mesa do amor".
Um beijo terno.

© Piedade Araújo Sol disse...

gosto muito da poesia do Joaquim Pessoa, gostei de o ler aqui.

boa semana.

Virgínia do Carmo disse...

Um poema lindo e terno a fazer lembrar a grandeza das coisas simples.

Obrigada.

Beijinho

Jaime A. disse...

Um café, de facto, inspirado/inspirador.

Graça Pires disse...

Estive há uns tempos numa sessão de poesia do Joaquim Pessoa e ele prório me disse que as ilustrações do livro eram da Isabel. E leu este belíssimo poema.
Um beijo, MM

Patricia Trindade ! disse...

Oi
Meu nome é patricia trindade

Participa da promoção , lá no meu blog ?

http://meninamuitobonita.blogspot.com/2011/05/1-promocao.html , não concorre nada mas apenas ajuda o blog



beijos

heretico disse...

sou incondicional da Poesia de Joaquim Pessoa e admirador do talento literario e artistico da Isabel Mendes Ferreira.

uma excelente escolha. que fica muito bem aqui...

beijos

António Augusto disse...

bela escolha de um poeta que muito admiro e que conheci através de um livro que nos ofereceste há anos. Bjss nossos e cumprimentos aí em casa.
aaron & cat

mfc disse...

À mesa do amor, todos gostamos de nos servir!

mundo azul disse...

_______________________________


Linda poesia!
Obrigada, por partilhar conosco, Otilia...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

___________________________

Maria disse...

Um dos livros mais belos que já li...
Obrigada e beijinho.