sábado, dezembro 18, 2010

Natal.

Porque a época Natalícia traz-me sempre recordações de infância, o cheiro dos doces que invadiam a casa, o colorido e o sabor de tantas outras iguarias que enchiam de brilho o olhar dos mais novos, as recordações muito mais fortes e presentes de quem já partiu, os lugares que ficam vazios e que mais ninguém conseguirá substituir…

Natal é nascimento… daquilo que sempre se deseja que melhor aconteça a toda a Humanidade.

É esquecer sofrimentos e deixar que o brilho das luzes, por algum tempo, ilumine ruas escuras, onde olhos envergonhados se escondem por debaixo de mantas e jornais aquecendo-se do frio da noite.

Mas é também tempo de Paz, de esquecimento de mágoas, de perdoar corações empedernidos pelo acumular de razões que a própria razão desconhece.

É um tempo de partilha, de comungar emoções, de estender a mão a outra mão e, juntas, se abraçarem.

É Natal.

Mais um na minha e na vossa Vida.

A todos

Feliz Natal


Otília Martel

21 comentários:

. intemporal . disse...

.

. venho por ora desejar um santo e feliz natal extensível a todos os familiares e amigos que te sejam essência ao peito .

.

. e um ano de 2011 próspero em todos os objectivos a que te proponhas .

.

. com amizade,,, .

.

. paulo .

.

Maria disse...

Das memórias da infância guardo todas. Ainda hoje se mantêm os cheiros, como tu dizes, dos doces...
Bom Natal para ti e família e um ano de 2011 cheio de Futuro!

Beijo.

heretico disse...

beijos.

Feliz Natal para ti e aqueles que mais amas...

Julieta Andrade disse...

Para ti e todos os que amas um grande Natal repleto de coisas boas e que 2011 te traga muita felicidade
beijo
July

Agulheta disse...

Amiga Otilia!
Momentos na vida de cada um jamais esquecem,o natal é uma época onde as recordações passeiam como um vagabundo na berma da estrada,tudo bem até nós.Lugares deixados que jamais serão esquecidos.
Beijinho e Feliz Natal em paz e amor junto dos teus

Anónimo disse...

HISTÓRIA ANTIGA



Era uma vez, lá na Judeia, um rei.
Feio bicho, de resto:
Uma cara de burro sem cabresto
E duas grandes tranças.
A gente olhava, reparava, e via
Que naquela figura não havia
Olhos de quem gosta de crianças.
E, na verdade, assim acontecia.
Porque um dia,
O malvado,
Só por ter o poder de quem é rei
Por não ter coração,
Sem mais nem menos,
Mandou matar quantos eram pequenos
Nas cidades e aldeias da Nação.
Mas,
Por acaso ou milagre, aconteceu
Que, num burrinho pela areia fora,
Fugiu
Daquelas mãos de sangue um pequenito
Que o vivo sol da vida acarinhou;
E bastou
Esse palmo de sonho
Para encher este mundo de alegria;
Para crescer, ser Deus;
E meter no inferno o tal das tranças,
Só porque ele não gostava de crianças.

Com Torga Feliz Natal

Beji,s

Tretas
Miguel Torga

Mar Arável disse...

Que vivam os criativos

Bic Laranja disse...

Boas Festas!
:)

Graça Pires disse...

Obrigada, amiga.
Com a Vida e com o Amor celebre em seu coração a Luz deste Natal. Que 2011 seja um ano MELHOR.
Um beijo.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Passo para deixar os votos interiores de um Natal com Paz, independentemente da concepção que se tenha dele.

Com amizade

Lobinho

(bela imagem)

Jaime A. disse...

FELIZ NATAL!

hfm disse...

Feliz Natal!

Luis Eme disse...

Feliz Natal

e um 2011 cheio de poesia e coisas boas.


beijinho MM

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, desejo-te um Natal muito feliz.
Beijos.

tinta permanente disse...

Tudo quanto de Saúde, Paz e Sabedoria a Vida possa proporcionar.
Da minha parte a Amizade e a Gratidão pela companhia ao longo de todo este tempo.
Abraço amigo do,
tintapermanente

aflores disse...

Natal! Hoje e sempre.
Agradeço e retribuo os votos.

Tudo de bom

jose marinho disse...

Venho atrasado, mas .... desejo-te muita Saúde e Alegria para o Novo Ano que se aproxima. José Marinho.

rouxinol de Bernardim disse...

Caríssima Otília.

Para si e para todos os que lhe são queridos, votos de Feliz Natal e um ano novo cheio de sol: o Sol da Felicidade!

Cristina Fernandes disse...

Desejo-te um ano de 2011 cheio de felicidades...
Bjs
Chris

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

E agora que o Natal já passou...

venho desejar-lhe

BOM ANO de 2011.

Saudações poéticas

Virgínia do Carmo disse...

Otília, venho deixar-lhe votos de que 2011 seja um ano de muitas bençãos e sucessos...

Um beijinho