segunda-feira, maio 11, 2009

Dever Cívico... DENUNCIAR!

Muitos de nós já vimos ou conhecemos quem tenha sido alvo de plágio.

Quantas vezes, tentámos que, os plagiadores, repusessem a verdade da autoria dos textos e eles, simplesmente, ignoraram ou até em alguns casos, preferiram apagar os blogues ou os temas, a dar o braço a torcer.

Pessoalmente já fui vítima disso e denunciei directamente aos plagiadores e exigi que a situação fosse reposta.

Ainda recentemente tive conhecimento de um blogue que lá tinha poesia minha, sem se ter dado ao incómodo de lá colocar a autoria.

Alertada para a situação, a dona do blogue limitou-se a apagar os poemas, sem qualquer referência ao facto.




Mas o caso que vi acontecer ao Estúdio Raposa ultrapassa tudo o que se possa imaginar já que empresas, que se pretendem ser de respeito e idoneidade, permitiram que o roubo (porque assim se deverá chamar) pudesse servir os seus intentos comerciais.

Quando um qualquer site chinês rouba a programação do trabalho de
Luís Gaspar que, altruistamente, oferece em prol da cultura, um trabalho imenso visando ajudar, inclusive, a divulgação de novos poetas, e esse site, abusivamente, consegue que a Vodafone, a TMN e a Optimus o ponham no mercado, retirando lucros consideráveis (4 euros por semana pelos toques disponibilizados) sem qualquer comunicação ou pedido de autorização ao autor das programações!

Fomos todos, Bloguistas, que viram os seus trabalhos
lidos e publicitados ao longo de anos, também vitimas desta, posso considerar, enorme burla!

Solidária com o
Estúdio Raposa e com a indignação de Luís Gaspar, aqui manifesto o meu repúdio por tamanho abuso e ultraje, pedindo a todos aqueles que, como eu, viram os seus trabalhos publicitados através do Lugar aos Outros do Estúdio Raposa, manifestem nos seus Blogues o repúdio por esta situação, denunciando o crime cometido.

"Um por todos, TODOS por UM"

43 comentários:

Paula Raposo disse...

Os meus posts de hoje são sobre isso mesmo!! Estou solidária com o Luís Gaspar, com o Rogério Simões e comigo mesma!! Com todos os que são plagiados, porque isso é um crime. Falta de imaginação desses nojentos que não sabem fazer mais nada senão usurpar o que não lhes pertence. Beijos.

spyvspyaeon disse...

Sim recebi o mail do Luis na sexta feira, salvo erro e fui ver a origem. De facto essa empresa remete os toques para as operadoras PT, mas de facto as operadoras não são as culpadas sendo estas apenas prestadoras de serviço (telemovel) já reportei como trabalho roubado e logo vou ver o que consigo apurar mais dado que tenho uns peq. conhecimentos. Irei mantendo actualizado os meus progressos.

Rafeiro Perfumado disse...

É o salve-se quem puder, realmente, talvez seja essa uma das razões porque tanta gente opta por copiar em vez de criar, não há defesa dos direitos.

Beijo.

Anónimo disse...

Associo-me eque este lema faça finalmente justiça!
"Um por todos, TODOS por UM"
A.Ventura

© Piedade Araújo Sol disse...

Já tinha conhecimento do caso do Rogério Simoes, ainda não do Luis Gaspar, mas sim sinto.me soldária com eles e acho que todos nós devemos e temos o direito de denunciar estes actos.

Eu já fui plagiada por algu7em que colocou quase todos os meus trabalhos num site brasileiro, onde até as fotos não escaparam. Quando denunciei o facto simplesmente apagaram e nem se retrataram publicamento do facto.

Já vi poemas meus adulterados, onde so mudam o titulo e colocado como sendo de outro autor.

Repudio esses actos e apenas deixo a minha tristeza por pessoas que se apoderam daquilo que não é seu, e com isso querem "fama"?

deixo um abraço

ARTISTA MALDITO disse...

Olá Menina Marota

Infelizmente não há vergonha, porque o plágio é roubo, pior do que roubar um bolo numa pastelaria.

Trata-se de roubar ideias, criatividade e mais, no caso dos blogs, trata-se de abuso e falta de respeito por quem se dispõe a partilhar.

Eu espero que se encontre um modo eficiente de se salvaguardar os direitos autorais na net.

Infelizmente há pessoas tão desprovidas de tudo...

Claro, sou solidária!

Beijinho
Isabel

Graça Pires disse...

É realmente de repudiar. Como há pessoas sem escrúpulos e com a desfaçatez de usarem o que não lhes pertence. A minha solidariedade com o Luís Gaspar.
Um beijo MM

utopia das palavras disse...

Afinal é mais frequente o plagio daquilo que eu pensava. Também tenho histórias de plágio de alguns trabalhos meus, embora com a devida notificação ao "criminoso", nada aconteçe, inclusivé já notifiquei uma certa pessoa que continua a ter publicado excerto de um poema meu,está lá para toda a gente ver!

SIM , É NOSSO DEVER A DENÚNCIA!
SIM, UM POR TODOS! TODOS POR UM!

Beijo

VFS disse...

não só, mas especialmente na net, o plágio é, sem qualquer duvida, um problema imenso que nos afecta a todos.

tendo e sendo igualmente vitima dessa praga, estou inteiramente solidário com o objectivo aqui proposto.

só espero que este seja o começo de uma maior solidariedade entre bloguistas visando, no limite, o erradicar do plágio.
quanto a mim, estou disponivel para o efeito.

Isabel-F. disse...

Oi Menina Marota ...

Claro que estou solidária ...

eu própria tenho sido vitima de "roubo" ...

usam as minhas imagens não se dando ao trabalho de indicar a origem ... e, eu até nem me importo que as usem ... fico fula é que o façam abusivamente ...

beijinhos

aminhapele disse...

Há cerca de 3 anos,quando me iniciei neste mundo,confesso que durante uma ou duas semanas copiei,inconscientemente,sem me dar ao trabalho de referir nomes de autores(quer de textos,quer de fotografias).
Rapidamente corrigi o erro.
Durante este tempo,tenho visto postagens e fotografias minhas postadas noutros "sítios",sem menção de origem.
Claro que é um acto de pirataria.
Para ganhar dinheiro,com o trabalho dos outros,é um roubo.
Suponho que,hoje,não é difícil identificar os autores e,no mínimo,pedir autorização ao autor para "reproduzir".
É uma regra da sociedade,mesmo da virtual.

Kalaari disse...

Concordo inteiramente com este protesto e dou todo o meu apoio para que estas fraudes sejam denunciadas e combatidas.
Um abraço
Vera Lucia

Ana Sobral disse...

Minha querida Marota:
Quando há uns anos - tantos que já lhes perdi a conta - O meu falecido AC me falou da descoberta que tinha feito nos Fóruns do Terravista e te seguiu através de toda a blogosfera por onde já passaste, da tua personalidade forte, da pureza do teu caracter, da tua excelente escrita, da forma quase violenta com que defendias as tuas convicções, compreendi porque ele se tinha apaixonado de uma forma sublime pela pessoa que representavas e passei a acompanhá-lo nos passos que te seguiam. Agora que se foi sou eu que continuo a paixão dele de te ler e de te apoiar tal como ele quereria.
Bem hajas por denunciares casos destes com o calor e a raiva daquilo que consideras imperfeito. Bem hajas!!!
E sigo-te no "Um por todos, TODOS por UM"
O meu apoio ao Luis Gaspar pelo respeito que o seu trabalho me merece e sempre mereceu ao AC
Kissssss da Anita - parto dia 14 para a Austrália não tenho data marcada para regressar - kissss

Mar Arável disse...

Nesta sociedade do vale tudo

e do salve-se quem puder

o mercado selvagem

não tem limites

Sugiro preto no branco

que se identifiquem os marginais

para não ficarmos

sem alvos concretos

Bjs

Anónimo disse...

Esses operadores são todos uma cambada de ladrões (com especial realce para a TMN que me enganou descaradamente com a propagada "Banda Larga"). Com aquela "coisa" a que chamam "pen", há milhares de portugueses a serem enganados.

Luís Pinto
Morador na localidade de Camarção (Nazaré)

Henrique Dória disse...

Acompanho-te na tua indignação.Obrigado pelas simpáticas palavras que deixaste no odisseus.Beijos.Saudades.

Delfim Peixoto disse...

Menina, Boa Noite!
É ultrajante, nojento, ignobil estas atitudes. O Luis Gaspar merece-me a gratidão e o meu sincero abraço e a minha Solidariedade. Sem dúvida que me senti incomodado com a tua notícia. Sem dúvida que muitas vezes colocamos esta ou aquela imagem, muitas vezes sem saber sequer a origem verdadeira, mas quando a sabemos devemos por ética erespeito fazer a devida referência. Mas isto, passa todas as marcas.
O meu abraço !
Tentei fazer o que pedes, mas vou linkar uma postagem para " aqui"...!!!

meus instantes e momentos disse...

Eu já estou cansado de ter poemas copiados, integralmente ou em partes. Fotos tb....e não adianta reclamar. O descaramento é imenso.
Fazer o que?? só gritar.será que adianta??
Uma boa noite pra vc.
Maurizio
* louvavel e muito oportuno teu post, parabens

Madalena disse...

Concordo com o acima dito, Menina. É importante denunciar os "ladrões". todos. De todas as espécies.
Não os que roubam um pão para comer.
Os outros. Todos!

Beijo amigo.

Madalena Pestana

Eduardo P.L disse...

Venho trazer minha SOLIDARIEDADE a essa campanha!
Estou metido em outra, que no fundo se mistura a esta também:
A Web anda muito chata!!!Bjs e conte comigo!

helena disse...

Minha querida,
pelas razões que bem conheces, tenho andado um pouco afastada e adormecida relativamente á blogosfera, quer em termos de criatividade, quer ainda de visitas aos blogs dos amigos. Contudo, não podia, hoje e agora, deixar de demonstrar o meu repúdio face à situação que denuncias.
Plágio é a forma mais cobarde de viver, é mentir aos outros e sobretudo a si próprio.
Conhecendo o excelente trabalho do Luís Gaspar, com ele me solidarizo.
Beijos
Nucha

aflores disse...

A minha solidariedade!

É lamentável que esta praga continue. Infelizmente e para meu (e nosso) descontentamento esta praga tem tendência a aumentar. De todos os casos que conheço de plágio mais ou menos "refinado", todos têm um factor comum...a grande maioria são "artistas" brasileiros (podem chamar-me racista) que não se dão ao trabalho de referenciar os créditos, chegando mesmo a alterar o texto e fazer "figura" como legítimos autores. Ás vezes é anedótico, como aquele caso de uma receita de um doce com foto (do blog Fábulas) que foi alterado para doce "típico" brasileiro (!!) com fotografia (a mesma) manipulada onde foi inclusivé retirado o autor(a).

Quanto ao caso mencionado neste teu post, com a "intervenção" de empresas bem conhecidas, vem confirmar aquilo que se pode ver neste espaço enorme que é a net e os "negócios" adjacentes. Por exemplo...os donwloads de filmes (alguns nem ao cinema chegaram)e livros (!!) podem ser efectuados num dos sites mais conhecidos e usados por portugueses (e não só).
Eu pergunto, se essa actividade é ilegal, porque motivo não encerram o site?

Enfim...algo tem que ser feito, se é que se pode fazer algo, quando o problema é a falta de respeito pelo trabalho dos outros.

Carmem L Vilanova disse...

Querida amiga!
Estive ausente por alguns meses, mas agora estou de volta para ficar, com um blog renovado e cheio de novidades.
Espero poder seguir contando com sua amizade de sempre!
Beijos, flores e meus eternos sorrisos!

Bichodeconta disse...

Junto a minha á tua voz na justa luta pela defesa dos direitos de autor..O seu a seu dono..Não é crime não saber escrever ou pintar, mas é certamente crime usar as ideias e trabalhos de outros para se evidenciar..Um beijinho que vai no vento..

maresia_mar disse...

Olá

já tinha saudades de aqui vir mas ando meio longe da blogosfera.
Beijos

Porcelain Doll disse...

Acho que a falta de originalidade e subsquente recurso a meios medíocres são de facto uma grande asneira... :)

Há pessoas que me inspiram verdadeiramente e cujos textos me impelem a fazer outros... mas é justo que se cite a fonte; é o que faço sempre.

Considera-me solidária.

Beijinhos!

OrCa disse...

Se vivessemos num momento em que falar de seriedade ainda tivesse algum «peso institucional», cairia decerto bordoada pesada sobre este tipo de habilidosos...

Assim, como consabidamente os maus exemplos vêm de cima, receio que pouca coisa aconteça, para além do encadeado solidário ao Luís Gaspar, ao qual obviamente me associo.

Beijos

ROMASI disse...

Menina Marota bom dia.

Recebi esta mensagem da Paula Raposo, poetiza que muito talento tem, e fiquei furioso. Já estava! O Luís tem dado alma aos nossos poemas e, no meu caso, estou muito agradecido tal como o estou a si que um dia lhe falou na minha poesia – no poema VOLTEI.
Se me poder contar algo mais agradecia. Há que construir um núcleo de amigos ou simples admiradores da poesia para estarem atentos a esta vergonha, a esta perda de pudor. Não se trata já de simples redacções, estou convencido que existem nos poetas que nem sonham que a sua poesia terá passado a livro com o nome de outro autor.
Esta situação está prevista e é punível de acordo com a Lei. Solicito que divulgue junto dos seus leitores o local e como devem registar as suas obras no IGAC. No meu caso apresentei dois CD e paguei 25,30 euros.

Quanto aos Estúdios Raposa e ao Luís Gaspar deixo a minha solidariedade e serei um mais a denunciar no meu blog essa pirataria.

Estou triste, estamos todos muito tristes. O Luís gravou já três poemas meus e estou muito grato. Toda a solidariedade prática para com os Estúdios Raposa e para com o luís Gaspar.

Muito obrigado e muitos sucessos para a sua poesia.
Rogério Martins Simões

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para meu projeto da minibiblioteca comunitária e outras atividades para crianças e adolescentes da minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todas as pessoas de bom coração,pode doar de 5,00 a 20,00. Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos. Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava


Subscrevo.

Mas que copia sem pudor reconhece no outro algum valor;) (em jeito de miminho)

Anónimo disse...

500% de acordo.

Menina
pela tu mão conheci e passei admirar trabalho do senhor Luis Gaspar que acompanha muitas vezes na minha doença e atenua os meus maus momentos.
O meu tlm não comporta estas cosas mas o aviso daquilo que o senhor Gaspar lhe aconteceu é importante para evitar fraudes e levar nosso dinheiro já tom escasso.
Rosangela Perez Baçan (Fungalvaz-Santarem)

mar revolto disse...

Sou sempre solidária com qq tipo de injustiça.

Mas quando percebemos que o plágio vem de cima é dificil acreditar na luta contra ele...,mas CALADOS NUNCA!

Beijo saudoso,

Lina

Amita disse...

Grata pelo mail que me enviaste a denunciar tão ignóbil roubo. Ninguém merece que se apropriem indevidamente do nosso trabalho, da nossa imaginação, de tudo o que nos pertence e é parte de nós.
Indignada, sou solidária com todos os afectados e tantos são...
Um bjo

Azoriana disse...

Será que em alguma vez
Eu plagiei, sem querer?!
É a dança dos porquês
Que rondam o meu viver.

Se da rima me abeiro
Em constante explosão
É porque lhe sinto o cheiro
Que me rega a inspiração.

Mas de palavras sou fraca,
E de saber muito menos;
Não gosto de quem me ataca
Quando os erros são pequenos.

Se há plágio intencional
Deve ser denunciado
Porque o autor afinal
É que se sente lesado.

E quem por norma indica
A fonte e nome da obra
Bem consigo sempre fica
E nada então se cobra.

Mas quem deturpa o texto
E o valor cultural
É como roubar com cesto
Sem o fundo afinal.

"Um por todos, TODOS por um"

Rosa Silva

Azoriana disse...

Rectificação da última quadra:

Mas quem deturpa o texto
E o valor cultural
É como roubar com cesto
Sem fundo intelectual.

aaron@iol.pt disse...

Amigona que saudades de aqui ler-te! Alertaram-me para este problema e vim dar o maior abração de apoio e dizer que apoio incondicionalmente tudo o que dizes e da forma como o relatas. Igualmente o meu apoio a Luis Gaspar que dedicou milhares de horas da sua vida para que pudessemos desfrutar do que de melhor existe na cultura poetica portugues. Bem hajam ambos
Beijos da Catarina e meus que nunca te esquecemos
Autónio Augusto

A.S. disse...

Quero associar-me a esta onda de indignação e protesto por estas prática fraudulentas que visam ganhar dinheiro usurpando a propriedade intelectual, como um vulgar assaltante que não olha a meios para atingir os fins!
Sugiro que se crie um grupo de pessoas que tenham formação juridica, e/ou se consulte o Provedor do Leitor, para se estudar a possibilidade de mover um processo judicial a essas empresas sem rosto, para que todos tenham a possibilidade de serem ressarcidos pelos danos causados e impedir que este tipo de crime, contunue a ser praticado!
Expresso a minha solidariedade ao Luis Gaspar e deixo-lhe um grande abraço!

Jorge disse...

A máfia do sistema continua por este mundo fora, e em especial neste país onde já não se respeita propriedades e ideias dos outros. É uma debandada total e uma usurpação imoral da intelectualidade. Assim, cabe a cada um de nós optar por banir a pirataria, não consumindo precisamente arte plagiada, por muito mais barata que saia, mas com muito menos qualidade e acima de tudo sem a alma do autor. Jorge Cipriano

Anónimo disse...

uma amiga que por diversas vezes viu seus trabalhos plagiados por brasileiros e foi imsultada quando quis o nome dela nos locais proprios me avisou disto aqui e vim dar apoio a todos vç.
joel campos

Dagarman disse...

Obrigado, excelente blog. Fiz uma descoberta fantástica aqui, o Estudio Raposa, mais uma vez Obrigado.

Clarinda Galante disse...

E aqui estou...com o meu TOTAL APOIO, e juntando o MEU GRITO ao de todos!!BASTA!
Jinhos mil

Maria Clarinda disse...

Estava com o Login de outro lado e saiu assim....desculpa. Jinhos no teu coração.

Luís Gaspar disse...

Um muito obrigado a todos quantos comentaram este assunto, aqui, neste espaço da MM. Algumas das sugestões são muito pertinentes.
E, claro, um agradecimento especial à MM por ter trazido este problema ao seu espaço, e sobretudo, da forma como o fez.