quinta-feira, março 20, 2008

Quando nos amamos de verdade...


Imagem particular

Um dia, quando abrires a janela, o arco-íris sorrirá para ti e saberás, nesse instante, que algo de bom te vai acontecer.

Escrevi um dia esta frase a uma amiga, num momento em que ela mais precisava de uma palavra para a confortar.

Hoje, ao abrir pela manhã as portadas do terraço, um lindo arco-íris deu-me os bons dias, maravilhando-me com todas as suas tonalidades.

E recordei naquele instante, a frase que um dia tinha escrito e, como por milagre, o sentimento de perda que tinha no meu coração, atenuou-se de tal forma, como se todas as cores do arco-íris tivessem invadido por completo a minha alma.

Não é fácil, quando sentimos dentro de nós a perda de uma amizade que gostaríamos de preservar, mas que, afinal, não é correspondida.

Sempre me alertaram para a natureza das amizades no virtual, até porque em nada se comparava aos sentimentos de pessoas reais. Mas, para mim, a Amizade é um sentimento abstracto que posso sentir mesmo sem ter um vínculo físico, já que a sinceridade, a cumplicidade, os afectos, não necessitam da presença física para nascerem dentro de nós; quando se quebra o vínculo desses afectos, o sentimento não deixa de ser de dor, mesmo quando temos a percepção de que, afinal, a amizade não era correspondida com a mesma transparência, como a que era oferecida.

A angústia dos últimos tempos dissipou-se, ao encarar o arco-íris que quase me entrava pela janela. O seu colorido encheu-me o coração e, milagrosamente, uma Paz inundou-me, como se o próprio arco-íris sorrisse para mim, dando-me a força e o apoio que eu tanto precisava.

E como diz a Isabel Filipe numa imagem e numa frase que é, manifestamente, o meu sentir…


Página virada ...


Imagem de Isabel Filipe


O texto que a seguir partilho é de Charles Chaplin e foi “descaradamente roubado” ao
Terra & Sal

"Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exacto.
E então pude relaxar.
Hoje sei que isso tem um nome:
AUTO-ESTIMA

Quando me amei de verdade, pude perceber que a minha angústia, o meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra as minhas verdades.
Hoje sei que isso é:
AUTENTICIDADE

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver tudo o que acontece e contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo a isso:
AMADURECIMENTO

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é:
RESPEITO

Quando me amei de verdade, comecei a livrar-me de tudo que não fosse saudável…
Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse em baixo.
De início, a minha razão chamou a isso atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama:
AMOR-PRÓPRIO

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projectos megalómanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, e que gosto, quando quero e em meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é:
SIMPLICIDADE

Quando me amei de verdade, desisti de querer ter sempre razão e, com isso, errei muito menos vezes.
Hoje descobri a:
HUMILDADE

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o Futuro.
Agora, mantenho-me no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo, um dia de cada vez.
Isso é:
PLENITUDE

Quando me amei de verdade, percebi que a minha mente pode atormentar-me e decepcionar-me.
Mas quando eu a coloco ao serviço do meu coração, ela torna-se uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é:
SABER VIVER! "


“Não devemos ter medo dos confrontos…
até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas.”

20 comentários:

alice disse...

gostei muito de ler, menina marota :) tenho vindo a descobrir a filosofia do chaplin e já não sei se gosto mais dele como actor ou como pensador. mas também as suas palavras são muito sábias. um belo momento de leitura, portanto. obrigada e um beijinho.

Vieira Calado disse...

Lindo, lindo lindo!...

Boa Páscoa para si.

♥≈Nღdir≈♥ disse...

_♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@__\\___♥
_♥____\\__/♥\\__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥
Uma Páscoa Muito Feliz
Beijos

Paula Raposo disse...

Um extraordinário post!! As tuas palavras, às que juntaste as de Charles Chaplin vieram amenizar a minha manhã de hoje. Um dia eu amar-me-ei de verdade e compreenderei tudo isso. Muitos beijos de Feliz Páscoa.

Isabel-F. disse...

Estão lindas as tuas palavras e lindo é o texto de Chaplin, que não conhecia ...

adorei.

beijinhos e uma Santa e Feliz Páscoa para ti.

e mais uma vez Obrigada pela divulgação constante que fazes dos meus trabalhos.

Luís disse...

Gostei bastante de te ler.

Beijinhos e Páscoa Feliz "Menina Marota"

Luis Eme

aaron disse...

Esta é a "Menina Marota" que eu conheço!
Que vai à luta e nunca esmorece! É assim mesmo e sejam quais forem os teus motivos, podes contar com o meu afecto e toda a minha ternura! Ah e já agora o meu ombro pra chorar :-)))))


Beijinhos do aaron

Maria P. disse...

Muito bonito.

Beijinho e Feliz Páscoa!

Graça Pires disse...

Não conhecia o texto de Chaplin. Achei-o fantástico. Um beijo e uma Páscoa cheia de amor e esperança

PiresF disse...

E então, neste post de afectos e amizades, desejo-te uma boa Páscoa e deixo-te uma curiosidade que um outro amigo me deixou.

Sabias que:

A Páscoa é sempre o primeiro Domingo depois da primeira lua cheia depois do equinócio de Primavera (20 de Março). Esta datação da Páscoa, baseia-se no calendário lunar que o povo hebreu usava para identificar a Páscoa judaica, razão pela qual, a Páscoa é uma festa móvel no calendário gregoriano.

Ora bem, assim sendo, este ano a Páscoa acontece mais cedo do que qualquer um de nós irá ver alguma vez na sua vida! E só os mais velhos da nossa população viram alguma vez uma Páscoa tão temporã (mais velhos do que 95 anos!).

1) A próxima vez que a Páscoa vai ser tão cedo, como este ano (23 de Março), será no ano 2228 (daqui a 220 anos). A última vez que a Páscoa foi assim cedo foi em 1913.

2) Na próxima vez que a Páscoa for um dia mais cedo, 22 de Março, será no ano 2285 (daqui a 277 anos). A última vez que foi em 22 de Março foi em 1818.

Por isso, ninguém que esteja vivo hoje, virá a ver uma Páscoa mais cedo do que a deste ano.

Grande abraço.

Isabel-F. disse...

Oi Marota,

Fico muito feliz por teres tomado esta decisão ...


era realmente uma pena ficarmos sem todos os lindos textos que aqui tens ...


quem sabe um dia resolvas voltar ...
oxalá que sim ...


beijinhos com carinho

Anónimo disse...

li este texto 2 x e como concordo com ele!!!
já tive uma data de falsas amigas e aprendi a não confiar em ningue´m pois parece k nos entram no coração e afinal estão a cravar-nos uma faca pelas costas. sei o k é esse sentimento.
mas tu és uma pessoa maravilhosa e prezo muito em k me consideres tua amiguinha!!!
kissssss da ana

Maria Clarinda disse...

Um beijo daquela saudade infinita de te ler...
Jinhos mil!!!!!

Heloisa B.P disse...

BELISSIMO TUDO*! NO TUDO*****, INCLUO A BELISSIMA IMAGEM CRIADA POR ISABEL FILIPE!

MEU ABRACO PARA AMBAS*****!
PERDAO, TAMBEM A AMBAS, POR MINHA LONGA AUSENCIA! Mas.. dias atras tive o gratissimo PRAZER de reentrar num dos *PARAISOS* DA ISABEL*!

SAUDE E PRIMAVERA EM VOSSAS VIDAS!

Heloisa
..........

Anónimo disse...

Oi moça tudo bem ??? gostaria que me enviasse esse texto de chaplin..
tu escreve coisas linda e me manda o nome dessa cantora tbm ???
mto obrigada fique na paz de Oxalá!

fatalytgirl@hotmail.com

thay

lobo-branco disse...

muito belo, é algo em que se deve pensar muito e, posteriormente, adotar.

flamenguista roxo disse...

Menina maroto!!!!!!

Jovem para você entender a amizade tem que primeiro fazer uma com DEUS e as demais são tão simples de entender....é sério?
Sobre o Arco-íris é a amizade que DEUS fez com homem pactuando que nunca destruiria a nossa aldeia global...legal, né? O velho é o máximo.
Adorei seu textos você escreve como o tio aqui....beijos nos teus olhos.

Å®t Øf £övë disse...

As despedidas são sempre tristes, por isso eu não gosto de despedidads. Prefiro um "até já", ou "até logo", principalmente quando se fala de amizades. A verdade é que a vida é por vezes demasiado cruel... a virtual também.
Bjs.

João Videira Santos disse...

é na verdade um texto com alma e que com alma dá razão á voz.

Jeremias Baptista João disse...

Bom e bom dia para todos os amantes e os romanticos, que desse lindo texto que estaamos a passar a ler deve se cumprir como podemos não devemos ignorar.

O texto Menina Marota diz uma boa lição, por mim é um dos textos que me conveceu. obrigado pela vossa contribuição.