quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Nanny


Imagem de autor desconhecido

Nanny

a noite
passada
te vi
ousada
tentada
dançavas
colada
sorrias
sonhavas
tangavas
prazias
sem fim
nos braços
de outro
fugindo de mim.

teus olhos
fulgentes
brilhavam
contentes
sorriam
mentiam
oh céus!
cruzavam
com outros não meus!

Nanny!
a noite
passada
folgavas
fruías
bailavas
e rias
sem pena
de mim.
quisera
Nanny
não foras assim.

teus lábios
carnudos
sorriam
tão mudos
teus braços
desnudos
d’ abraços
teúdos
fugiram
de mim.
prouvera
Nanny
não foras assim.

oh Deus!
meus olhos
banhados
de lágrimas
fugiram
irados
dos teus.
ciúme
senti.
lograste
Nanny
fugir
de mim?
assume
Nanny
porqu'és tu assim?

Nanny
a noite
passada
te vi.
transavas
com outro
sorrias
tangavas
cantavas
curtias
beijavas
fugindo
p’ra sempre
de mim!

(Poema de Zénite in Castelos de Vento)
a quem descaradamente "roubei" este belo momento...


Música:Gotan Project – Santa Maria (Del Buen Ayre)

27 comentários:

Meg disse...

Menina, depois do poema, estas imagens deixaram-me sem fôlego.
Milonga de amor... Buenos Aires.
...Richard Gere... Jennifer Lopez...e a magia dos corpos falando uma linguagem universal.

Belíssimos momentos.

Beijos

Zénite disse...

Dispõe sempre. :)

Abraço.

Maria Clarinda disse...

OPS!!!!palavras para quê? !
Jinhos

Anónimo disse...

Vi esse filme um montão de vezes!!!
O poema do zenite parece até a letra duma canção. Fixe memo!!
Thiago

wind disse...

O poema tem o ritmo do tango e o vídeo é espectacular com a música dos Gotan Project:)
Belo post!:)
Beijos

sofialisboa disse...

não conhecia, mas fiquei a gostar sim. sofialisboa

O Profeta disse...

Fabuloso! Não conhecia, mas fascinou-me...


Doce beijo

Maria disse...

E "roubaste" muito bem...
... tangar por puro prazer.....
Belíssimo...

beijos

Graça Pires disse...

Belo poema roubado. Belo tango dançado.
Obrigada pelo lindo poema que deixou no meu "Ortografia".
Um grande beijo.

Anónimo disse...

Olá menina querida, olha... A D O R E I !!!! Estou encantada e saio com estas imagens na retina. O poema é espetacular. Beijos
Anne
http://www.anne_voce.blogger.com.br

Anónimo disse...

Olá menina querida, olha... A D O R E I !!!! Estou encantada e saio com estas imagens na retina. O poema é espetacular. Beijos
Anne
http://www.anne_voce.blogger.com.br

Mïr disse...

Um bom momento, sim.

maresia_mar disse...

adorei as imagens, o poema, e saio daqui a dançar.. deixas-me sempre sem palavras.. dorme com os anjos. Beijos carinhosos

Luis Eme disse...

E fizeste muito bem...

Beijinhos

Anónimo disse...

Adooooooro TanGo!! Ehehehe...


beijos da Maria
(ex-sulista)

zeni disse...

Olá!

Vim espreitar e agradecer a visita! Volta sempre.

aflores disse...

Foram poucas as coisas que escondi da minha mãe, e aprender a dançar tango foi uma delas. Desde muito novo me apaixonei pela dança (filho de peixe...)e sonhava com uma carreira profissional. No entanto, nessa altura "outros valores" se levantaram e palavra de mãe é sagrada ..."a dança não paga renda nem compra pão". Eram outros tempos, sabes? Acabei por começar a trabalhar muito novo e a estudar à noite, enquanto a dança ficou só para os tempos livres, para os bailaricos de rua ou em associações... aiiiiiii estas memórias ;)
Tinha como par "na loucura" uma amiga de olhos castanhos...épá....fiquemos por aqui.
Danças?

MAH-TRETAS disse...

Tudo belo.
Um abraço e um fim de semana feliz


AH

Vieira Calado disse...

pois e «roubou» bem, porque é muito interessante...
Cumprimentos

Anónimo disse...

ops fiquei sem fôlego!!!! mas que maravilha de post para alegrar o meu fim de semana ;)))))))))
Beijão do
AC

Fernando Rozano disse...

belíssimo, de tirar mesmo o fôlego...e tem Buenos Aires, tango...belo post. abraços.

aminhapele disse...

O poema é bonito.
As imagens são um bom complemento:o duelo de vida - competição,armas iguais,respeito,sem vencedores nem vencidos.

Meg disse...

Ainda anda triste a Menina?
Que tal acácias rubras, um imbondeiro ao pôr-do-sol, e uma baía à noite... nem é preciso comentar... só para dar uma alegria aos olhos.
Bom fim de semana e um abraço

zé lérias disse...

Que poema!...
Bom fim-de-semana

lena disse...

menina linda

encantei-me!

o poema é belo, tem ritmo, tem garra, tem sentires, a imagem é lindíssima sente-se no poema

o vídeo é espectacular!

um post com tanta beleza junta que as palavras faltam para te dizer o que senti

parabéns por tão delicioso momento

abraço-te sempre com muito carinho, com muita ternura e amizade

beijos

lena

Anónimo disse...

Fantástico. Já cá tinha vindo, mas não consigo comentar||
Uma das maiores forças de expressão corporal: o tango!!
Beijinhos Paula

JB VIDAL disse...

Você tem muito bom gosto para escolher obras de terceiros, mas, teus poemas são lindos. Envie outros para publicarmos. será uma honra tê-la entre nós e o mundo. deixo aqui um dos poemas mais curtos que já escrevi de uma fase metafísica:


meu corpo no teu,
reascende a dúvida
ser ou estar

gozo cósmico

prazer em deixar-me ir
onde estás ou sejas

sou inteiro em ti

estou metade