segunda-feira, agosto 06, 2007

Ternura...(3)

Continuando com o proposto, aqui estou a partilhar as palavras e a arte de...


Cidade do Amor, pintura de Isabel Magalhães

Não sou muito assídua nos blogs da menina_marota, por absoluta falta de disponibilidade, mas todas as semanas trocamos alguns e-mails, ou com fwds de assuntos que consideramos de interesse mútuo, ou com palavras de apoio para 'coisas' pontuais, e aprendi a conhecê-la e a vê-la como uma pessoa extremamente terna, humana, solidária e atenta ao mundo em redor. E como a minha área não é a escrita mas a pintura, só tenho para lhe dedicar, além dos sinceros votos de um FELIZ ANIVERSÁRIO e de uma VIDA FELIZ, uma tela nos AZUIS do mútuo contentamento.

Um grande beijinho de PARABÉNS, Querida O.

Isabel Magalhães

Um poeta encontra a maior das compensações ao escrever um poema.
E quanto mais impessoal for aquilo que pretende expressar nos seus versos, quanto mais intemporal for o que com eles procurar transmitir, maior dimensão a Poesia adquire e mais universal ela se torna.
É isso que, como fiel leitor teu, como incondicional admirador da tua Poesia, procuro sempre naquilo que de tão belo sabes transmitir

Para a OTÍLIA
Com um carinhoso beijinho de parabéns
pelo seu aniversário


Carlos Ferreira

19 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Hoje vim deixar-te uma flor. E um sorriso.





Obrigada.


I.

Paula Raposo disse...

Estou a adorar toda a ternura com que foste brindada no teu aniversário. Fico feliz por ter podido participar com a minhas simples palavras. Um grande beijo.

Isabel-F. disse...

linda a tela da Isabel.


bjs

Ana Sobral disse...

Uauuuu k inda tela!!!! que sintonização de elementos. Very good...
E que palavras mais bonitas que recebeste!!! Mas tu mereces por tanto que tens dado!!!
beijokinhas miga do coração da Anita

aflores disse...

Palavras para quê? Serão sempre poucas...a "nossa" Menina Marota é tudo isso e muito mais.

;)

Beijinho

Maria Clarinda disse...

Maravilha!!!!Continua a dizer-te : TU MEREÇES!
Jinhos grandes

Zénite disse...

Parabéns, amiga, e que as deusas Fortuna e Felicidade te protejam sempre e aos teus.

Uma referência, também, e os meus parabéns, ao engenho e arte da Isabel e ao estro do Carlos.

Abraço

osrevni disse...

Tenho um enorme desejo de ir a Portugal, e a culinária é apenas um dos motivos... Estou certo de que, mais cedo ou mais tarde, ainda cumprirei meu desejo!

Bia disse...

Continuam as delicadas e merecidas homenagens dos teus amigos. São belos os sentimentos que movem tais gestos. Tu mereces tanto carinho, pois se os amigos assim procedem é porque soubeste cativá-los com teu carisma e dedicação.

Vim trazer-te pétalas para enfeitar tua noite onde os anjos devem estar a recolher teus sonhos para levá-los a passear pelos caminhos das estrelas.

Fica também um beijo no teu coração e os votos de uma semana ensolarada de ternura.

Anónimo disse...

vim aqui parar através de um comentário que li num blogue amigo e gostei tanto dele que resolvi vir espreitar. Tou aqui perdido há horas encantado com o teu blogue, valeu a pena a visita. Bela musica.
F.Viegas

Kalinka disse...

Amiga
A minha alma está vazia,
o meu coração muito triste,
deixo-te uma poesia
da querida Sophia.

A hora da partida soa quando
Escurece o jardim e o vento passa,
Estala o chão e as portas batem, quando
A noite cada nó em si deslaça.
A hora da partida soa quando
as árvores parecem inspiradas
Como se tudo nelas germinasse.
Soa quando no fundo dos espelhos
Me é estranha e longínqua a minha face
E de mim se desprende a minha vida.

Beijitos.

J.G. disse...

Bom, parece que cheguei atrasado à festa de aniversário!

Mas não deixo de desejar muita saúde para os anos longos que hão-de chegar.

Gosto desta música-água que estou a escutar.

Um abraço e obg. pelas visitinhas feitas lá aos meus mundos.

Jorge G- O Sino da Aldeia

Amla disse...

pois é minha querida, sei k andam mais uns "bichos estranhos" por aí...por aqui.
Sabes k minhas filhas um dia chegaram da escola muito tristes pq as/os coleguinhas pisavamm os carreiros de formigas qnd elas se desviavam smp por respeito à vida?
Somos estranhas!
Ponto.
Mas duma estranheza k não faz mal aninguém nem a nós nem aos outros e se às vezes dói é em nós. Não é verdade?
Melhor assim
Bjs.
Luz e paz

Å®t Øf £övë disse...

É na partilha que se percebe como vale a pena viver e cultivar a amizade.
Dá para perceber que és uma amiga muito querida e especial para muita gente, e isso só demonstra que és uma pessoa com muito amor para dar.
Já agora, embora bem atrasado, gostaria de te deixar os meus sinceros Parabéns.
Bjs.

Odele Souza disse...

Otilia,
Como dia do aniversário já passou, feliz nova idade.
Com carinho,

Leila disse...

Lindas homenagens Carlos e Isabel! Parabéns!


Beijos!!!

Isabel Magalhães disse...

Obrigada por intitulares TERNURA a TERNURA que te dedicamos. :)





Tem um bom domingo.

Bjs.
I.

Luis Eme disse...

Parabéns atrasados...

És especial, até a partilhar...

Amita disse...

Uma belíssima pintura, um texto, tudo com a ternura que mereces.