quarta-feira, abril 04, 2007

Um Poema em forma de tango...

... porque me apeteceu


Imagem Dionísio Leitão


Dou-te a minha mão
Prendes os meus dedos nos teus
E nesse entrelaçar que nos liberta
Uma dança fazemos.

Sentes este tango, que te percorre os dedos?
Entrego-te a minha boca
Nos teus lábios amordaças os meus
E nesse beijo que nos incendeia
Uma sombra abatemos.

Porque sinto o Sol a percorrer-me o corpo, sem medos?
A ti me dou, em forma de palavras
Para que nos teus sentires, despertes os meus
E nessa paixão que nos enlaça
Um poema satisfazemos.

Um poema...
Este poema mágico, que sentimos dentro de nós
As tuas palavras, com que saboreias a minha alma...

16 comentários:

Anónimo disse...

Mar Português

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma nao é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.


Fernando Pessoa, in Mensagem

LP

Paula Raposo disse...

Lembro-me bem desta foto do Dionísio, colocada no Catedral. O poema é lindíssimo. Tu és uma das pessoas que estou com muita vontade de conhecer no dia 14. Beijos, até lá.

Manel do Montado disse...

São estes poemas, apesar de te reconhecer mérito na divulgação de obra de outros, que mais transparecem o teu sentir de mulher.
Minha cara, podemos buscar nos poemas de outros a identidade do que sentimos, mas quando há talento e ele se expressa assim, languidamente, apaixonadamente e aflorando o erotismo latente nas palavras…aí emerge a poetisa, perfumada de mulher e transbordando de sensualidade.
Beijo

helena disse...

Querida menina,
Toda a sensualidade do tango dança e solta-se de cada palavra deste poema lindíssimo, pleno de musicalidade.
Tudo nele vibra e se enche de cor.
Beijinhos

peciscas disse...

Neste poema transparece toda a força dos sentidos e sensualidade do tango.
E tudo está a preceito, para além do texto, a imagem e a música.

vero disse...

Lindo este Poema-Tango...

Beijinhos***

nina disse...

cometi uma invasão mas não me arrependo
pois encontrar um poema tão belo
desses que podemos sentir cada palavra
não tem preço
posso apenas agradecer...

bjoks

Paulo Sempre disse...

Sem palavras...Fica o abraço dos poetas..
Paulo

Enfim... disse...

a imagem ta fantástica, quanto ao poema não gosto mt nem sei apreciar lol

mas dsesejo-te uma boa pascoa para ti e para a tua familia

bjokas

pb disse...

Minha amiga, é sempre um prazer retornar a este cantinho que transpira boa poesia, desejo-te uma boa e santa Pascoa, com tudo de bom, um beijo

Licínia Quitério disse...

Passei (passo muitas vezes, invisível) para te desejar uma Feliz Páscoa.

Um beijo.

alice disse...

querida menina mais marota não há, venho em missão de paz desejar-lhe uma óptima páscoa e deixar-lhe um grande beijinho... e saio em pé de dança ;)

Doces Momentos disse...

Adorei este tango, passei para te deixar um beijo doce e desejar uma Páscoa Feliz

Era uma vez um Girassol disse...

Querida Marota,vim desejar-te uma Feliz Páscoa e encontrei este poema dançado, belissimo!
A imagem também está soberba...
Beijinhos

António Melenas disse...

logo o Tango que é, para mim, a dansa mais sensual de todas.
Obrigado pela tango. Imagineio dansado por Carlos Gardel e Rosita Moreno
Bj.

lena disse...

querida e doce menina

dancei na magia deste teu Poema, cheio de alma

um tango, sentido em cada verso teu


parabéns


abraço-te com um grande carinho, menina linda

beijinhos muitos

lena