sábado, abril 07, 2007

Em tempo de Primavera...

É um dos blogues onde perco o meu olhar…
Imperdoavelmente, não o tenho visitado e deixei passar o seu terceiro aniversário. Falo do Outsider o blogue da
Annie Hall um verdadeiro hino à Natureza…
Aqui deixo uma das suas espantosas imagens…


Imagem de Annie Hall

Não sei se respondo ou se pergunto.
Sou uma voz que nasceu na penumbra do vazio.
Estou um pouco ébria e estou crescendo na pedra.
Não tenho a sabedoria do mel ou a do vinho.
De súbito ergo-me como uma torre de sombra fulgurante.
A minha ebriedade é a da sede e a da chama.
Com esta pequena centelha quero incendiar o silêncio.
O que eu amo não sei. Amo. Amo em total abandono.
Sinto a minha boca dentro das árvores e de uma oculta nascente.
Indecisa e ardente, algo ainda não é flor em mim.
Não estou perdida, estou entre o vento e o olvido.
Quero conhecer a minha nudez e ser o azul da presença.
Não sou a destruição cega nem a esperança impossível.
Sou alguém que espera ser aberto por uma palavra.

(Poema de António Ramos Rosa in "Facilidade do Ar", "Antologia Poética" 1990 )

21 comentários:

MARIA VALADAS disse...

Poesia, é isto mesmo...mesmo em prosa...o enlevo das palavras é tal...que nos amolece o coração!

Uma Santa Páscoa para ti e toda a familai!

Beijinhos da

Maria

Amaral disse...

Mensagem curta porque, por enquanto, não tenho Net!
Uma Páscoa santa e feliz!

© Piedade Araújo Sol disse...

Desejos de uma Santa Páscoa com muita saúde ....

sonhadora disse...

Desejo-te uma boa Páscoa.
Beijos embrulhados em abraços

aflores disse...

Passei para te ler e desejar um excelente fim de semana.

Graça Pires disse...

"Não se se respondo ou se pergunto... Sou alguém que espera ser aberto por uma palavra". É assim Ramos Rosa. Sempre com o poema perfeito. Obrigada por o partilhar connosco. Uma Páscoa Feliz!

Praia da Claridade disse...

Votos sinceros de uma Santa Páscoa.
Filipe

Luís disse...

Ramos Rosa é um Poeta, assim com P grande.
Páscoa Feliz.
Bj**

Jofre Alves disse...

Votos de uma boa Páscoa com muita saúde e alegria.

isabel mendes ferreira disse...

tudo perfeito.





enorme beijo.

Anónimo disse...

Boa Páscoa , amiga!

Anónimo disse...

Já deixei os votos de uma boa páscoa , sempro me esqueço de assinar :) Fico honrada que as minhas fotos possam estar aqui:)
annie hall do outsider

lena disse...

doce e terna menina, deslumbrei-me hoje com o teu cantinho

um excelente blog que fazes referência onde me perdi, dentro da natureza. belo! deixei que o meu olhar descansasse por lá uns momentos, para que ficassem encantados

depois, sim depois
António Ramos Rosa, um senhor na Poesia, que há muito acompanho

a voz que o poeta deixou nascer

a palavra sentida na espera...

ofereces momentos agradáveis e aqui sinto-me bem, repouso e deixo que este cantinho tome conta de mim

abraço-te com muito carinho e ternura, abraço-te profundamente

deixo-te um doce beijo, num desejo de uma Páscoa Feliz, que a Paz se sinta e a harmonia faça parte de todos os nossos dias

és linda, menina

lena

Maria Clarinda disse...

Não me canso de te repetir que aqui encontro a Paz, a Serenidade nos momentos mais difíceis, e, nos outro também...Fico eu , tu, o poema maravilhoso de António R.Rosa, as fotos lindas de A.Hall.
Jinhos, e que este Domingo de Páscoa seja lindo como este momento.

Passo disse...

:) é linda a imagem :) ele ha palavras com esse dom, o de abrir novos mundos :) bjs

Furão disse...

Também gosto muito de Ramos Rosa e só tu para nos trazeres poemas tão belos! Vou procurar a "Annie Hall" para a acrescentar aos meus links.

Um beijo,

david santos disse...

Olá!
Perfeito. Parabéns.
Continuação de boa Páscoa.

Leonoretta disse...

ola otilia.
gosto sempre de ver-te la pelo meu sitio principalmente pelo rasto de alegria que deixas. nao nos vamos ver no jantar compena minha. tenho tido o tempo muito complicado.
está tudo bem contigo?
beijinhos da leonoreta

Barão da Tróia II disse...

Achei fantástico, boa semana.

A.S. disse...

Na Primavera tudo renasce! mas a poesia que aqui partilhas connosco vive permanentemente na Primavera!
Ramos Rosa! Um dos maiores poetas vivos!...

Um abraço grande...

helena disse...

Obrigada, menina, por me deliciares com esta partilha, com este poema brilhante do "meu" poeta.
Beijinhos