segunda-feira, outubro 09, 2006

Tu...


Imagem de Chico Matos in Olhares


tu
que acreditas
que a bruma
vai rasgar-se em dia aberto
tu
que acreditas
que o vento
vai quebrar-se em mar de calma

porque te ficas sentado
à janela da quimera
porque não vens para a rua
provocar a primavera

vem
vem desenhar o futuro
na morte deste presente
vem
vem mostrar a madrugada
e vem dá-la a toda a gente

tu
que adivinhas
que as nuvens
vão desfazer-se em azul
tu
que adivinhas
que a noite
vai resolver-se em luar

porque te deixas dormir
na cama da tradição
porque não fazes do sonho
o grito duma canção

vem
vem transformar o amor
até hoje inexistente
vem
vem construir a cidade
e vem dá-la a toda a gente.

(Poema de Vieira da Silva)

11 comentários:

herético disse...

aprecio os poemas e outros textos que aqui publicas. confesso porém que prefiro os teus originais...

para quando?

citadinokane disse...

Menina,
Pela primeira vez te visito, e vejo no post uma imagem que me acalma e remete à necessidade de escutarmos o nosso coração, às vezes tão atribulado...
Textos de jardineiro, cultivando o que existe de melhor em nós e embelezando a vida, perfumando os caminhos...
Abraços,
Pedro

Barão da Tróia II disse...

Também gosto mais dos teus originais mas este é uma boa escolha. Boa semana

Jofre Alves disse...

Agradeço as gentis palavras que deixou no meu blogue e visito mais uma vez com agrado esta interessante página pela sua qualidade. Até breve e boa semana.

Carmem L Vilanova disse...

Amiga, gracas a ti, o Eu Sei Que Vou Te Amar competa mais um ano de vida... Parabens a ti, e muito obrigada pelo carinho, pela cumplicidade, pela amizade e partilha destes 2 anos de existencia, com vontade de muitos mais...
Beijos muitos!

Morgaine disse...

rendi -me ao Tu..

A Rapariga disse...

só tu. mesmo tu!

Sandra Cardoso disse...

Ao ler o poema que hoje nos ofereces, lembrei-me que nós, habitantes da blogosfera, já estamos a "construir a cidade", o país e um novo mundo!

Parabéns pelo teu projecto.

Bernardo da Maia disse...

Tu............que me cativas de cada vez que cá venho apenas te deixo esta frase:

" Em cada post teu, um sorriso meu :) "



Bjs de Boa Noite

Luís disse...

Um conjunto FENOMENAL: imagem e poema. Gostei tanto...

APC disse...

porque te ficas sentado
à janela da quimera
porque não vens para a rua
provocar a primavera


Estava a precisar de ler algo assim! :-)