terça-feira, setembro 05, 2006

Lique...ou Alice D...

Quando acordo pela manhã e já de chávena de café fumegante na mão, olho pela janela da cozinha, de onde avisto uma capela, construída em cima de rochas em pleno mar, um momento tão pessoal e precioso para mim, recordo lugares, pessoas e sentimentos, com um misto de alegria e nostalgia por a Vida me ter concedido o grato privilégio de por eles ter passado.
És uma dessas pessoas, as tuas palavras e forma de estares na blogosfera, sempre me encantaram, a ti dedico este momento, para que saibas, que todos aqueles que te estimam e admiram, esperam por ti
aqui ou noutro local qualquer…


Imagem de autor desconhecido


Rompe a manhã. Há cheiro a rosmaninho,
a lilases e a rosas, minha amiga
e a terra, respirando de mansinho,
fez abrir um poema em cada linha.

Aqui bem perto canta um passarinho,
e cantará até ao sol se pôr.
Que perfume tão doce neste caminho,
que alegria e que luz sarando a dor!

Os teus olhos cheios de beleza
fizeram esta manhã maravilhosa,
que enche tudo de luz e tudo encanta...

E chego a crer que a própria natureza,
fez abrir nos teus lábios uma rosa,
e te colocou música na garganta.

26 comentários:

leonoretta disse...

ola otilia.
venho agradecer as tuas respostas ao desafio. venho elogiar o teu poema.
és o maximo e tenho muita pena de nao privar contigo pessoalmente. enriqueceria de que maneira o meu ser.

beijinhos da leonoreta

Ana Sobral disse...

Minha querida e doce amiga, estas palavras cairam fundo na minha alma e vai cair no coração da Lique, porque todos nós precisasmos dela e das suas palavras neste mundo, que realmente não sei se é virtual;tu não és com toda a certeza!!
beijossssss da Anita

Belzebu disse...

A passagem por aqui é sempre um momento muito especial! Saio sempre muito mais rico do que entro.

Obrigado! Saudações!

wind disse...

Bonita homenagem a uma pessoa que ainda eu não tinha blog, foi uma das minhas primeiras referências:)
beijos

pitanga disse...

Que bom que voltaste à arvore! Quanto a essa pessoa que tanto esperas, há uma fila atrás de ti com a mesma esperança. Volta Lique!!!
beijos às duas

peciscas disse...

Também fiquei triste pela decisão da Lique em nos abandonar.
Espero que não seja uma decisão sem retorno.

Passeando no Parque disse...

Que belo jardim e que bela amizade, enriquecida por palavras tocantes. A Lique vai voltar, não se perdem amigos assim
Beijo pra vc

Paula Raposo disse...

Lindíssimas palavras e uma fotografia maravilhosa! A Alice merece. Beijos.

RPM disse...

Bom dia minha boa amiga!

saudações outonais ....

um abraço de amizade

RPM

asdrubal tudo bem disse...

depois de ver tal capacidade de expressão só me resta deixar de ter a mania que também tenho um blog e passar a ver os dos outros.

Barão da Tróia II disse...

Excelente para não variar.

Guilherme F disse...

Ainda sinto os cheiros das tuas palavras. Gostei de voltar.
Bjs

Guilherme F disse...

Ainda sinto os cheiros das tuas palavras. Gostei de voltar.
Bjs

disse...

Pois e fica a sensibilidade do amor feito poema e a esperança que a saudade feneça no regresso à vida.

woman's secret disse...

linda dedicatória.
beijos
Nadir

Cristina disse...

Uma linda homenagem da tua parte
:)
beijinhu

Lumife disse...

Bonita homenagem a alguém que a merece.

Bjs.

ocantinhodajuca disse...

Como sempre as tuas palavras me tocam e estimulam a ver o que se passa a minha volta de outra forma
1000 jocas da juca

Alice D. disse...

Amiga, muito obrigada! São coisas com estas, pessoas como tu que tornam este estar aqui na blogoesfera tão gratificante. Vou enviar-te um mail, não só para te agradecer as tuas palavras que me emocionam mas também para te dizer que, apesar da Lique já se ter ido embora (alguma vez tinha que ser) eu ainda por aí ando... :)
Um beijo grande

Anónimo disse...

Foi um dos primeiros blogues que li, o da Lique. Um dos primeiros, porque antes tinha acompanhado diariamente dois que acabaram por desaparecer sem deixar rasto. Senti-lhes a falta, confesso. Prometi a mim próprio que nunca abriria nenhum, se tivesse que o abandonar depois. A maior parte das vezes não comento, porque assim me protejo de afinidades. A desistência da Lique era anunciada. Há muito que a previa. Casualmente, entrei hoje novamente aqui, depois de umas breves férias e vinha, confesso, um pouco sedento da blogosfera.
Ao ler este mágico texto que deixas à Lique, mudei por completo a minha opinião sobre os intervenientes bloguisticos. Afinal existem afinidades profundas, nesta dança de palavras que nos oferecemos uns aos outros. E como aquela musica que me toca o coração e me faz dedilhar um qualquer instrumento musical, este texto demonstrou-me que afinal, não estamos sós.
Se um dia abrir um Blog acredita que vais ser a primeira a saber.

toze disse...

vamos todos sentir a falta da lique. obrigado pelo comentario no meu blog.
volta sempre...

Filipe Freitas disse...

É sempre agradável passar por aqui e ler estes poemas e ouvir esta canção maravilhosa.
Um bom fim de semana.
Bjs.

aaron@iol.pt disse...

Uma prova maravilhosa de generosidade que tem todo o meu apreço. A Lique voltará de certeza, com amigos como os que aqui estão, as suas palavras irão encantar de novo e vão ter mais um admirador delas, que vou ser eu.
Bjsssss

annie hall disse...

se a Lique ler o poema não vai demorar.annie hall do outsider

amita disse...

Uma encantadora homenagem a uma das pessoas mais Lindas deste mundo dos blogs.
Disse, algures, que lhe admirava a coragem (não deve ter sido nada fácil para ela) e que ia ter muitas saudades de a ler.
Um bjo pela homenagem. A poesia e as palavras da Lique (Alice) estarão sempre entre nós.

José Gomes disse...

Foi a coisa mais linda que li sobre a Alice.
Que pena só agora voltar a descobrir o teu blog.
Ou seria da preguiça que o não encontrava?
Um abraço para ti e outro para a Alice, se ela chegar a ler este comentário.