segunda-feira, setembro 18, 2006

A Cor das Palavras...


Imagem de Susan Bee


Que cor trazem as palavras
se não for a cor do mar
a cor do céu e das estrelas
perante nosso olhar?

Que cor trazem as palavras
quando nos dizem que a desgraça
é trazida pelo braço
do homem que as devia amar?

Que cor trazem as palavras
quando relembram momentos cruéis
de olhares infiéis, de lava e cinza
no coração das crianças?

Que cor trazem as palavras
se não forem de esperança
num grito de Paz
de igualdade

Banindo todas as traições
todos os egoísmos
todas as ambições
de homens
de coração negro
de olhar manchado
pelo sangue
pelas feridas
de inocentes…

Que cor trazem os sonhos
Que povoam a mente…

18 comentários:

albertokorda disse...

Passei por aqui e fiquei fâ

Bernardo da Maia disse...

A cor das tais palavras não consigo adivinhar, o sentimento que as mesmas trasmitem são de pura Saudade...



Beijos de Bom Dia

viajante disse...

Os sonhos trazem cores muito bonitas. Mas também demasiado Negras. Chamam-se pesadelos?

Joe Nunes disse...

Não sei se o teu poema tem cariz religioso ou se sou eu que assim o entendo, levado pela onda que se gerou em volta do chefe supremo da igreja católica; só sei que pela palavra se faz a PAZ ou se faz a GUERRA, nuitas das vezes.
Belo poema de reflexão este.
É sempre um prazer passar pelos teus blogues.
Cpmtos do J. N.

Barão da Tróia II disse...

São de todas as cores como os sonhos. Boa semana

Spiritus Lupus disse...

Que bom seria se todos tivessem sonhos coloridos e puros; assim através dos olhos de cada um, teríamos um mundo mais cheio de cores.

Passo disse...

palavras p k, n as consigo colorir desa forma :) bj

AS disse...

Querida M.M as palavras terão a côr que quisermos!... Temos dentro de nós uma palleta das mais belas cores! Pintemos com elas todas as palavras, mesmo aquelas que traduzem tristeza, saudade e nostalgia!...

O poema é Lindooooo!!!


Um abraço!

as velas ardem ate ao fim disse...

As palavras para mim trazem a cor da verdade...vermelho ...sangue.

Bjocas

Tozé Franco disse...

Obrigado poela visita e parabéns pelo excelente poema que tive oportunidade de ler.

nmc disse...

Também concordo... as palavras são de todas as cores...

:)

Muito bonito

Carmem L Vilanova disse...

Tao lindo e tao doce!
Beijos, minha querida!

Bia disse...

A cor dos nossos sonhos bem como da nossa vida somos nós que escolhemos, pelo menos eu faço por isso, gosto de povoar os meus sonhos com cores quentes e a minha mente com cores suaves, só assim consigo pintar o meu "eu" de forma a tornar a minha existência tranquila... lá há um dia por outro que entra um cinza ou preto, dias maus... um vermelho quando me dá aquela "raiva" que só me paetce gritar, mas lá conto até 200 e volto ao azul claro.
beijinhos

almaro disse...

ando à procura de cor para cada uma das palavras, mas não há cor que as desenhe, como não há uma cor para a vida,,, as palavras “mimetizam –se” com o sentir, é ele que as pinta, que as enforma no nosso próprio eu,,, São o ADN do sentir,,,a genética da alma!
um beijinho

Anónimo disse...

Pintas as cores da minha imaginação.

Feel this... just a blowing kiss...

Daniela Mann disse...

Sublime!

Passeando no Parque disse...

Passeando entre palavras coloridas e belas, como de sonho se tratasse.
Beijão pra vc

Anónimo disse...

Que cor trazem os sonhos que pintam as palavras e dão colorido ao amor e à vida.

Um poema belíssimo. Parabéns.
João Norte
intro.vertido.weblog.com