quinta-feira, julho 27, 2006

Boas férias a todos…

Depois de um imprevisto (com o pc), estou de volta.Nestes dias de ausência forçada, confesso que senti a falta dos momentos que também fazem parte da minha Vida e que são aqueles que me unem a vós.


Lavazza Calandar 2006


As sombras não pertencem à tarde.
O mar não pertence à terra.
As folhas não pertencem à árvore.
A lua não pertence ao firmamento.
O silêncio que transpõe o escuro
não pertence ao silêncio.
O som é pura forma.
A forma que nos escapa
não pertence ao gesto,
à acidentada planície
onde os objectos são
o eco, o coração da casa.
A casa não é o pensamento,
mas o pensamento
quer ser casa.

(Poema de Luís Quintais)

22 comentários:

naturalissima disse...

Olá
Vim agradecer e retribuir a tua simpática passsagem pelo meu blog.
Espero receber-te mais vezes.
Por cá também te espretarei, pois me agradou o teu espaço.
Prometo, com mais tempinho irei ler o que já está editado.

Um beijinho
Daniela

cm disse...

o sentimento e a alma que o sustém...e depois o mundo...

Jo§e disse...

Também estive ausente, mas por férias :)
Também estava cheio de saudades de por aqui passar.

Um beijo

wind disse...

Poema com muitas metáforas:)
beijos

Nilson Barcelli disse...

Bom regresso.
Estás moreninha...?

Gostei do poema, com excelentes metáforas.

Beijo

Bic Laranja disse...

Obrigado! Igualmente. Cumpts.

O Micróbio II disse...

Palavras bem sentidas... :-)

batista filho disse...

És sempre bem-vinda, amiga querida. Deixo meu abraço fraterno e saudoso.

pitanga disse...

Querida Menina,que bom que voltou. Isto estava meio sem graça sem você. A menina da boina já foi até embora!
Bem vinda beijos Pitanga

Elise disse...

Olá amiga, bem vinda! :) Beijinhos

lazuli disse...

nada pertence a nada, tudo é emprestado.
Ainda bem que voltaste!

beijos

Passeando no Parque disse...

Essa menina vai cair no meu parque, ué??
Passando e deixando um beijão 0:0)

Isabel-F. disse...

Belissimo poema.

Já tinha saudades tuas...

adorei a foto que escolheste ...

bom fim de semana
beijinhos ternos

pitanga disse...

Sinto sua falta na pitangueira.
beijos pitanga

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Um lindo poema :)
Beijos e bom fim de semana

ponto azul disse...

Eu também já voltei!Vim cá dar-te um beijinho e um abraço forte!:-)

Leo disse...

Vim de dar um olá sou a Leo do antigo blogue "Por um Mundo Melhor kuanto Baste" foi no início da tua carreira bloguista.
Os meus parabéns pelo teu blogue
Leo

herético disse...

... e regressaste com um belo poema. a vida é uma passagem, para a outra margem, lá diz a canção. gostei de saber-te de volta

Belzebu disse...

Pois seja muito bem regressada, já que a sua ausência faz-se sempre notar!

E não podia regressar melhor do que com este poema!

Saudações infernais!

Adryka disse...

Olá amiga fizeste muita falta, os teus poemas e o teu glamour aqui na blogsfera é inconfundivél. Beijinhos e bom fim de semana

Anónimo disse...

Bem vinda.
Eu também tenho andado afastado; primeiro o livro, depois uns dias de descanço e ainda mais o aparelho não me deixou blogar, não cheguei a seber porquê. Agora tudo vai acalmar.
João Norte
intro.vertido

Sulista disse...

Bien Revenue Amiga!
Já cá fazias falta, como sempre ;-)
Lino poema e a foto...gamei-a! Eheheheeh!!!!

ps- Passa lá no AUDIOBLOG...o novo post do nosso amigo, é sobre um poema da Encadescente, muito bom! penso eu de que...

Beijinho GRANDE ;-)