sexta-feira, março 31, 2006

...palavras que trazemos...

Fotografia de Marcel Siegle

Há uma casa no olhar
de um amigo.
Nela entramos sacudindo a chuva.
Deixamos no cabide o casaco
fumegando ainda dos incêndios do dia.
Nas fontes e nos jardins
das palavras que trazemos
o amigo ergue o cálice
e o verão
das sementes.
Então abre as janelas das mãos para que cantem
a claridade, a água
e as pontes da sua voz
onde dançam os mais árduos esplendores.

Um amigo somos nós, atravessando o olhar
e os véus de linho sobre o rosto da vida
nas tardes de relâmpagos e nos exílios,

onde a ira nómada da cidade arde
como um cego em busca de luz.

(Um Amigo, de Eduardo Bettencourt Pinto aqui)



Que o teu sentir não seja indiferente a isto e a isto


Mergulha o teu olhar neste olhar, que te pergunta:

Porquê?

25 comentários:

Wakewinha disse...

Mas também são os outros, os que vêem através do nosso próprio véu, aqueles a que muitas vezes basta uma palavra para perceber o sentido de todos os nossos parágrafos! Que bom que é saber que os temos. Muitos ou poucos, pouca importa. Aqui gosto da qualidade!

Beijito enorme, querida afilhada, e bom início de fim-de-semana*

[Lê e divulga.]

wind disse...

Bonito poema e quanto aos links, o porquê é a maldade e a estupidez do bicho homem! beijos

Era uma vez um Girassol disse...

"Há uma casa no olhar
de um amigo."
Tão bonito...E tantas recorremos a esse abrigo...
Muito bonito o poema!
O olhar doce da foca-bébé não derrete o gelo à sua volta nem o do coração dos homens que não desistem da sua matança.
Bjinhos

H. Sousa disse...

Tudo bem, não matemos desnecessariamente a vida, seja ela qual for, mas principalmente a vida humana. Que pensemos no aborto leviano e nas guerras levianas, na eutanásia leviana e outras leviandades em que nos querem fazer pensar.
Beijos.

M.M. disse...

Olá!
Lindissimo post.

Bjs.

M.M.

Acácio Simões disse...

Lindo o poema..
Quanto ao resto não podemos ficar indiferentes, especialmente se ao fazermos zapping pela TV nos for dado assistir a essa irracionalidade criminosa que esses canadianos praticam tão bem...
Foi com lágrimas nos olhos que, estando com o meu netinho ao colo, de repente me pareceu que um daqueles bébés foca era o meu André...chorei !
sem vergonha...
Beijos

menina graça disse...

Um belo poema e uma chamada de atenção mais que oportuna para uma crueldade sem nome! Bjs

Heloisa B.P disse...

QUE ESPECTACULAR *OLEO*!!!!!
QUE LINDO POEMA*!
E...QUE LINDA FOTO!
Venho trazer UM ABRACO IMENSO DE CARINHO, nao tenho assim nada mais bonito para trazer!!!!!

_Regresso, muito morosamente...mas, REGRESSO:SE DEUS QUISER!!!
FIQUE EM PAZ!

Heloisa.
***********

Jorge Moreira disse...

Que maravilhoso!

Bem Hajas Amiga por tudo.
Beijinhos e bom fim de semana,

Amaral disse...

As palavras que trago trazem as imagens brutais dos videos que linkas em baixo. Não é possível ficar indiferente ante tão cruel procedimento do homem civilizado. Esta denúncia terá que correr muitos mais blogs, terás que chegar a muitas mais pessoas… Oh, Deus, para onde caminha este planeta?...

Daniela Mann disse...

Os seus posts são cada vez mais lindos!
Venha visitar a minha nova casa:
www.amar-ela.com
Um abraço,
Daniela Mann

luisa disse...

Tão lindo o primeiro post, quanto o segundo é tocante!... Bom fim de semana :)

Zeca disse...

Sei que ando muito afastado desta tua casa, mas prometo voltar com mais tempo para te levar a passear no meu jardim.
Bom fim de semana
Fica bem.

Miguel disse...

Que Olhar tão carinhoso!

Como é possivel alguem matar um animal destes!
È como matar um ser humano!
Ou um filho!

Os votos de um BOM FDS!

Bjks da Matilde

AS disse...

Querida MM,
Um belissimo poema, onde deixas uma mensagem de paz, de amor, de amizade...
Uma mensagem tranquila que a barbárie dos homens continua a rejeitar!... Os links que nos deixas são esclarecedores...

Um abraço grande de amizade

GNM disse...

Tu comoves-me!

Não fico indiferente. Nunca!
Há 10 anos que assino a petição,
antigamente assinava em papel no
liceu, agora faço-o na net.
E o que mudou nestes 10 anos?
Nada! Absolutamente nada!
Enfim...

Obrigado por lembrares...

zecadanau disse...

O homem não deixa de ser às vezes um ser desprezível que não respeita nada.

Um @bração do
Zeca da Nau

MDeus disse...

Boa noite e bom fim de semana, já assinei a petição e até fiz um post sobre esta atrocidade, mas infelizmente só isto não chega...
Beijinhos.

Sulista disse...

Já lá andei nos links :-)


Amiga,
BEijinho Grande
e bom domingo!

aprendiz de viajante disse...

Sensibilizou-me...

Bom Domingo!

Belzebu disse...

Há causas que vale a pena assumir! Se lhes juntarmos,sensibilidade,paixão e criatividade despertamos sentimentos solidários que são da maior importancia!

Saudações!

Isa&Luis disse...

olá:) gosto de vir ao teu cantinho ler-te é como uma fragrância balsâmica.
Deleito-me com as tuas palavras.

Bom domingo

jinhos

Isa

Anónimo disse...

Onde posso encontrar este blog de EBP?
Quanto ao que acontece no canada deixa-me enojada.
annie hall

Joshua disse...

O poder que pensar tem!!! Um dia, talvez opinar sobre o injusto talvez pressione a gente das armas e do poder e do mando a outra coisa.

Parabéns.

Joaquim Santos

www.joshuaquim7.blogspot.com

Diana Vale disse...

Ola, entrei no seu blog e achei fotos incríveis relacionadas a natureza.
Estou fazendo um trabalho relacionado a este tema e gostaria que você me enviassem
Todas as fotos desse tema.
Fico muito grata,
Gostei bastante das poesias!