domingo, outubro 23, 2005

Passeio...


Imagem Jacqueline Bricard daqui

Lembras-te, meu amor,
Das tardes outonais,
Em que íamos os dois,
Sozinhos, passear,
Para fora do povo
Alegre e dos casais,
Onde só Deus pudesse
Ouvir-nos conversar?
Tu levavas, na mão,
Um lírio enamorado,
E davas-me o teu braço;
E eu triste, meditava
Na vida, em Deus, em ti…
E, além, o sol doirado
Morria, conhecendo
A noite que deixava.
Harmonias astrais
Beijavam teus ouvidos;
Um crepúsculo terno
E doce diluía,
Na sombra, o teu perfil
E os montes doloridos…
Erravam, pelo Azul,
Canções do fim do dia.
Canções que, de tão longe,
O vento vagabundo
Trazia, na memória…

(Excerto... Elegia do Amor, in Vida Etérea
Teixeira de Pascoaes)

65 comentários:

Carlos disse...

...o Amor, quando se revela...
...o Amor, quando se revela...

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.
Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar!
Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...

(FERNANDO PESSOA)

wind disse...

Lindo excerto:) beijos e bom domingo*

Humor Negro disse...

Obrigado pela visita. :-)
Há sempre uma Razão que espera por ti.

terragel disse...

MENINA MAROTA, bom dia, confesso que não conhecia esse poema, tampouco o poeta. O amor paira nos passeios, disolve o passado dos amantes e não sabe o que é o futuro, muito bom o poema. Obrigado pela visita.
Bom Domigo e Bjs

ivamarle disse...

lindo poema de Pascoaes, adornado por uma bela imagem...também temos outra coisa em comum: colecções de caixas!a minha Nika agradece o elogio, é muito educada e sobretudo muito simpática.Bom domingo e, vai aparecendo.

Mestrinho disse...

uma delicia mesmo.. bjos

Anónimo disse...

Um passeio tão belo
gostei de andar por aqui...
CM

Anónimo disse...

Olá Menina!
desde que descobri o teu blog não resisto a voltar cá todos os dias só mesmo para ouvir esta musica. É uma das minhas preferidas, por ser triste e solitária como eu,romantica tb.
Tenho pena de não saber escrever como tu.

Viajar pelos blogs é um acto solitário no meio de tanta solidão.

Obrigado.
Beijinhos das ilhas de bruma.

PS; entrei anónimo porque perdi a minha password e não aconsigo recuperar.

lazuli disse...

É simplesmente delicioso vir aqui, Menina..

Su disse...

é sempre um prazer ler
gostei do passei até ao teu canto:)

jocas maradas

Furão disse...

Ofereces-nos sempre "canções do fim do dia", como um "vento vagabundo". Contudo elas não vêm de tão longe. Estão em ti, na tua e na nossa memória, por isso muito perto. É sempre tão bom vir aqui!

Bjs

ernesto esteves disse...

Obrigado pela visita.
Bjs

Elise disse...

excelente, como sempre...

abraço!

um estranho disse...

Bonita musica.
Vou ter que descobrir melhor este teu canto que me pareceu cheio de emoção.

Gostei muito do que escreveste sobre a viagem ao passado que partilhei com todos. Obrigada.
Um abraço além de terno, apertado.

Friedrich disse...

Estou com pressa... Venho apenas desejar-te um bom fim-de-semana!

Beijos

mfc disse...

A simplicidade romântica de Teixeira de Pascoais... um belíssimo poema.

Tribunal_Beatas disse...

Lindíssimo...
Boa semana
Beijinhos

Al disse...

Olá Menina,
Não há pressa que resista a esta música.
E o poema, o passeio...
Tanto bom gosto que até emociona.
E muito obrigado pela receptividade ao convite que fiz para a exposição.
Um abraço muito afectuoso

Paulo Pisco disse...

Tocante. Muita sensibilidade...

Manel do Montado disse...

És tu (posso?) um dos meus calmantes diários, sem químicos ou outras substâncias, mas plenos de química e de substância. É sempre bom voltar aqui, acto que, aliás, já faz parte da rotina quotidiana. Aqui exorciso muitas vezes os fantasmas com que me deparo diáraimente. Após a leitura deste poema vou dormir mais relaxado.
Boa semana e permite a ousadia virtual, um beijo de boas noites.

Bárbara disse...

Há tanto tempo que não lia Teixeira de pascoaes. E ainda bem que voltei a "le-lo" aqui... Lindo, sublime, estonteante. Obrigado pela bela escolha.

Beijinhos

Maria do Céu Costa disse...

Um poema ao estilo do nortenho Amarantino Teixeira de Pascoaes. Foi agradavel aqui relê-lo. Beijinhos.

lena disse...

sempre bom reler Teixeita de Pascoaes, gostei e obrigada por o partilhares

beijinhos

lena

Wakewinha disse...

Querida afilhada, vim agradecer-te as palavras de conforto e coragem no Voz Oblíqua. Embora a minha ausência tenha sido curta, devo confessar que vim apenas desanuviar, pois as coisas não estão nada bem. É com o meu pai. Cancro... Estou demasiadamente triste, mas a tentar esconder a todo o custo! Enfim...
Um grande beijinho com votos de uma boa semana*

Diego Quadros disse...

Nada melhor do ler essa elegia pra começar bem a semana.

Inspirador!

Perfeito pra agüentar uma segunda-feira.

Abção e boa semana!

Passo disse...

:) belo poem .. bem escolhido :))

maresia_mar disse...

Há tanto tempo que não lia Pascoaes. Lindissimo, mais uma das tuas boas escolhas, e para começar a semana, cai mesmo bem.. Beijinhos e boa semana para ti

manuel disse...

Adorei (re)ler Teixeira de Pascoais. Por tuas mãos...

beijos

batista filho disse...

Só direi da emoção que foi ler este poema. Fez-me bem. Despertou só lembranças boas. Valeu, amiga.

Papá Urso disse...

obrigado pela tua visita.

mta sensibilidade neste blog e um poema mto bonito.

bj

Papá Urso disse...

obrigado pela tua visita.

mta sensibilidade neste blog e um poema mto bonito.

bj

Dani disse...

saudades do meu amor....

Henrique Santos disse...

Gosto muito de marotices destas...
Gostei, parabéns Ricky

Vagabundo disse...

Ops... fiquei no escuro, não conheço este autor, vai prá minha lista de Vagabundos.

Bj Vagabundos

UGAJU disse...

Hummm, uma menina marota enamorada... quando chegares aos 50 vais ver qu'ainda te vais enamorar mais! :D
Gosto de passar por aqui, sempre saio do bulício da vida aqui da terrinha, bem, vou apagar as mágoas e beber um traçado, não, vou beber dois, um será por ti! :D
jinhos

Adryka disse...

Querida amiga este tempo convida tanto ao amor aquele amor lindo maduro aquele amor que sabe o que quer e como quer, aquele amor que nos encanta e nos enamora a alma.
beijinhos querida

Carlos Afonso disse...

Passei para deixar um abraço e deparei com um belo excerto:)! Bonito Post...Carlos.

Pamina disse...

Muito bonito. Gostei imenso da imagem.
Boa semana e um beijinho.

Maga disse...

Olá Menina...
Tão bom estar aqui..o teu blog sabe a amor e a paixão :)
Obrigada pelos miminhos aos meus miaus :)
Bjinhs

peciscas disse...

Já agora, uma informação:
há mais um para a Presidência!
Quem quiser subscrever a sua candidatura vai aqui:

www.peciscas.blogspot.com

Elsa disse...

pssei só para deixar um sorriso de boa semana ;-)

Peter disse...

Já estava em falta ... Obrigado pela colaboração.

Pato Marreco disse...

Sim, lembro-me perfeitamente.
Só não recordo o lugar.
Jinhos

Lia Noronha disse...

Menina: o amor vive mesmo de recordações!
Lindo poema e uma gracinha a imagem!
Boa noite e beijos bem carinhosos.

Lumife disse...

É sempre com prazer que aqui demoramos o nosso tempo.
Tem uma boa semana.

Imaginário disse...

Voltei. Uma delícia o poema de Pascoais e a música. Parabéns pelo blog.
Queria deixar-te um beijo

augustoM disse...

Lindo poema, é bom o amor pairar no ar.
Um beijo. Augusto

Rosa disse...

Um belo passeio de amor, sem dúvida.
Beijocas!

elisa disse...

Que lindas imagens e bonitos poemas nos trazes aqui:)
Obrigada e beijinhos.

um estranho disse...

Belissimamente ilustrado.
E com esta musica,

fico atordoada, confesso.

singularidade disse...

Lindo poema! bonita imagem o conjunto está maravilhoso

Um beijo imenso

Å®t_Øf_£övë disse...

Menina,
Gostava que passasses lá no "ATORDOADAS" para "comeres" uma fatia de bolo pelo 1º aniversário.
Bjs.

agua_quente disse...

Simples e doce. É bom reler Teixeira de Pascoaes. :)
Beijinhos, amiga

lique disse...

Belas prendas nos reservas. Há quanto tempo não lia Teixeira de Pascoaes! Foi bom reencontrá-lo.
Beijinhos

Claudia disse...

Não conhecia também este poema, mas é muito lindo...Aliás, como muito do que li por aqui!!
Pena eu não ter mais tempo para continuar..Mas voltarei!
Parabéns pelo lindo blog e excelente bom gosto!

colecionadora disse...

Pura sensibilidade!! Amei a ilustraçao unida ao poema!
Bjs.

aflores disse...

E por falar em "passeio", deixaste o meu link na casa "antiga". Neste teu cantinho novo não há lugar para mim? :( Sou magrinho, ocupo pouco espaço :)

Elise disse...

passei aqui, para deixar um jinho. espero que esteja tudo bem.:)

JSilvio disse...

:)
*

Vera Cymbron disse...

Eu também. Não imaginas o quanto eu gostei de estar contigo e com a tua familia.
JiNHOS ENORMES.

zezinho disse...

sabes que Teixeira de Pascoaes era um iniciado?
Talvez explique a beleza das palavras dele.
Um beijinho, miúda gira.

Carlos disse...

... gostei!
... gosto!

... animais!
... recordações!

... Teixeira de Pascoais em Amarante!

... gostei!
... gosto!

... prazer em conhecer-te!

Xi

Lia Noronha disse...

Menina: obrigada pelo carinho da visita ao meu Cotidiano.Tenho passado todos os dias por aqui...beijos azuis pra ti.
E uma boa quarta-feira.

Pato Marreco disse...

És mesmo muito "marotinha"
Desde Domingo que não nos ofereces nada!!!
Vou ficar por aqui à espera!
Gosto muito de te saborear os escritos.
Jinhos

Dameuntango disse...

Nem sempre tenho oportunidade para agradecer todas as palavras...
Obrigado Menina