terça-feira, setembro 13, 2005

Dança...

Imagem daqui


"Beija-me nesse quente amasso
a noite é nossa e de ébria ilusão
dança dentro deste abraço
olha-me com toda tua paixão

Nossos corpos voam no espaço
Sem asas, elevas-me do chão
dança, sem lembrar o passo...
Dança! Dança,... só com o coração

Rasgamos mil passos em cascata
Enquanto teu corpo me arrebata
e teus lábios se oferecem.... num arpejo...

Ah, margens del Rio de La Plata!
como fico louco, louco... de desejo
Danço com ela; és tu, porém,... quem beijo... "


Há dias surpreendentes. Hoje ao descobrir este poema, inserido nos comentários, resolvi partilhá-lo. Espero que o apreciem tanto, como eu…
Agradeço ao autor a sua cedência…
aqui

61 comentários:

romero disse...

Un poema sencillo, que nos regala el amor,con alegria :)
Menina,mira nuestro blog, está álla una "corriente" y estás álla ( para continuares ). Besos

Dameuntango disse...

Olá Menina
Obrigado pelo destaque, nao o mereço certamente.
Abraço
A. Cardoso

Anónimo disse...

é 1 lindo poema. 1 abraço. ;)

http://alterneactivo.blogs.sapo.pt

Rosa disse...

Olá, marota! :)

O poema é bonito. E o teu blogue também!
Beijinhos!

Adryka disse...

Lindíssimo adorei.Obrigada por o partilhares connosco. Beijinhos amiga

wind disse...

Nada como um bom tango e tudo o que nele é inerente:) beijos

Friedrich disse...

Existem momentos de inspiração que as palavras saiem nos sitios certos que nos deixam bailar o coração de tanta emoção dos poemas que se entregam em mão...

beijos

Yardbird disse...

Digno de um tango, hein, MM? :-)
Beijos

Nando disse...

Soberbo! Estou sem palavras! Sem duvida mais um poema belíssimo.

Dameuntango disse...

Assim sinto-me mimado!!!
Obrigado Menina
A. Cardoso

Cláudia disse...

Poema quente, cheio de sensualidade. Exactamente como o Tango. Quase se consegue ouvir a melodia por trás das palavras...

Beijinho ***

Cristina disse...

muito bonito
adoro dançar:))

Diogo Ribeiro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Diogo Ribeiro disse...

Obrigado por partilhares esse tango delicioso connosco :)


Já agora, quanto ao meu comentário apagado... Enganei-me no post... Isto de visitar três blogues ao mesmo tempo pode levar a erros. As minhas desculpas.

marco disse...

a menina dança?????????

Paulo Pisco disse...

A menina dança ? Que optima sugestão.

andorinha disse...

Obrigada pela partilha.
O poema é muito bonito.
Beijinhos.:)

Mocho Falante disse...

Sai um tango????

Dançar um tango e depois de ler um poema destes, o dançar é um voo pelo salão

Lumife disse...

Não digo mais que a Wind...

Bjs.

Humor Negro disse...

Obrigado pela partilha. É algo que um argentino bêbado e rebarbado tenderia a escrever.

Furão disse...

A par e passo passo neste espaço

abrindo a largos golpes largos espaços

e passas nos meus passos passo a passo

repassas em abraços os meus braços.
...

(Joaquim Pessoa)

Anónimo disse...

um poema quente muito sensual e cheio de ritmo, lindo de se ler.obrigada
http://amcosta.blogs.sapo.pt

Ze disse...

Que maravilha ouvir esta música.

vidasduplas disse...

és assim tão...marota?

elisa disse...

Estonteante!
:)!

batista filho disse...

Grato pela partilha do poema... e da música!!! Um abraço amigo.

Dizzie disse...

-Menina, sabes que ...
As veces no hay palabras para descrivir lo que sentimos...

Por eso, un dia qd encontrar lo que me gustaria, te dare un regalo, me gusta demas regalar, qd es asi, para alguien tan especial como tu eres para mi.

Porque?!
Por tu gesto, por tu cariño, quien sabe aun mas por lo momiento en que acontecio!

Gracias, y un xi-corazon :)
besitos

Este poema, y este tango...bueno, creo q voy a bailarlo con Romero, si no te importas :D

Encantador demas :)

Vagabundo disse...

Mesmo não sendo o meu tipo de musica, " toca" sempre qd oiço, acho que me dá uma sensação de tranquilidade.
Bjs
Vagabundo

romero disse...

Vengo invitarte para bailarmos :$ besitos

Delírio da Loirinha disse...

Olá! Haverá dança mais sensual que um tango?
Acho que não...
:)
Beijinhos doces

al-Farrob disse...

Lindo!

Elvira Bill disse...

Lindo tango...lindo poema!
O tango é A media luz?
Ainda te roubo o tango para a dançomania ;)

Carmem L Vilanova disse...

Lindissimo, amiga!
Obrigada por compartilhar algo tao belo conosco!
Muitos beijos!

L0st_in_words disse...

bonito poema é subtil...

Visible Silence disse...

Menina, O tango e toda a sua sensualidade e marotice...
Bjs.

Å®t_Øf_£övë disse...

Menina,
Adoro tango.... é bonito e sensual.
Bjs.

Peter disse...

MeninaMarota, agradeço a assiduidade com que nos visitas e lamento não aparecer por aqui mais vezes, mas nem sempre é possível. Até nem será por falta de tempo, mas isso são "contos largos".

pipetobacco disse...

{ ...

"quisera que (eu) fosse um corpo, e não um aeroplano aterrado; por ou com defeito «sim, podia ter sido bem pior, como ter rosto múltiplo...»; por conseguinte gerado sem agremiação; forjado quadrado que fosse cadáver ou busto – quase plano com asas e suporte – revelava-se completo o desejo. e desejo, que fosse, talvez: nascido em despovoado mas voado espírito prisioneiro se fosse querido – a fachada clara, rasgada por poeira flutuante no ar com alento vital; «ter nascido num aeródromo plano e raso (e talvez me iluda mais agora - desmedido e sempre excessivo, mais que destemido, à escuta, preciso (rigoroso) – me engane mais agora nesta (errada e lacónica) interpretação de um sonho, com asas, (motor e trem)) e não ter que criar raízes ou delas depender.» demasiado de perto, quase só em primeiro plano, - olho pela janela do meu apartamento (hangar, se de «um» metal me tratasse, e não corpo fosse liga), ergo a vista tentando ver ou na tentativa de ver o mundo liso, «mais que fácil, mais claro, e de superfície plana», (de olhar oculto, sem arriscar os olhos, vejo o) mundo a que ainda pertenço (nascido; e acordando), desorganizado neste corpo dirigente vou desmantelando o sonho - o aeroplano aterrado (primeiro aquilo que permite o contacto com o solo, depois o impulso) - «e quisera (eu ser; ter) asas em vez de lágrimas ou braços»..."

© ricardo biquinha, in “um quase nada”

... }

maresia_mar disse...

Olá, que belo poema, obrigado por o partilhares connosco... espero estejas recuperada, aqui é só trabalho bah.. Beijos com saudade

Sulista disse...

Fabulástico Tango e poema!
...está do melhor :-)

(ando sem horário p a Net pq a «rentré» na Escola ocupa-nos td o tempo...até entrar tudo nos eixos, nos horários normais. Mas td bem, a EScola confirma-se, é boa!)

Um excelente dia para Ti :-)
Beijitos Grandeeeeees

Luís disse...

Belo. Muito belo.

amita disse...

Um belíssimo poema e agradeço-te a partilha. Fui espreitar o blog mencionado e fiquei agradavelmente surpreendida com os bons poemas que tem. Parabéns ao/à autor/a do mesmo. Bjokas MM, a imagem que colocaste é um encanto

Quem sabe... disse...

Bem....fiquei fascinada com o que encontrei!!!

É das danças mais sensuais que existe, a meu ver.
è todo uma desenfreada vontade de amar, de seduzir...de sentir o outro...

Gostei demais....quem me dera saber dançar este musica...:(

Bjs :)
e um ramo de papóilas do campo, Menina :)

Perfect Woman disse...

Inspirador e muito belo. Beijos agradecidos por continuares com os bonitos blogues que tens. Ps: com que então somos quase vizinhas ;-)

trigolimpofarinh@mparo disse...

ui, que marota!!!

trintapermanente disse...

bonito.e o blog de referencia também

mar disse...

Belo poema, linda partilha. Um beijo grande

lazuli disse...

Ah, margens del Rio de La Plata!
........

Passo disse...

:) belo poema uma danca de beijos abraços, dos sentidos :)

Passo disse...

ah ja eskeci .. voltei de ferias hehehehe

Isabel-F. disse...

´lindissimo... gostei imenso...
e a imagem que escolheste, tb bastante linda...

tem um bfds

bjs

augustoM disse...

A vida é como a dança, um passo para a frente e outro para trás.
Um beijo. Augusto

blackangel disse...

gostei imenso do teu blog. bonito poema, este...

Amaral disse...

Quando se tem uma musa assim a rodopiar p'lo corpo todo, "saem" estas pérolas dançantes.
Um poema para ler e reler!

AS disse...

Um lindissimo soneto!

... e um beijinho especial para ti, agradecendo a tua gentileza!

Amigo de Alex disse...

Alguém me disse uma vez que, se tomasse conta de mim um mês, me tirava a barriguita e punha a dançar o tango na ponta da unha.
Mas o que quer que seja, para resultar bem, tem que ser feito com amor, né?...pois é! digo eu...
Beijo.

Fernando B. disse...

Eu também dancei ao som de La Comparsita.

Beijocas,

Luís Oliveira disse...

Pelos vistos aqui não é só de veeliros que gosto.
Este passe de dança é lindo.

Micas disse...

Sem dúvida um belo poema que transpira sedução. Grata pela partilha. Beijinho e bom fim de semana

óssóbó disse...

sempre mutável no espaço...

Mitsou disse...

Adorei o poema. Obrigada pela partilha e felicito o autor, que visitarei a seguir :) Beijinhos e um óptimo fim de semana, minha querida.