sábado, agosto 06, 2005

Pelo olhar da Sulista...


A arte da Sulista

Em tempo de narcisos (que sabem
o sentido da vida é crescer)
esquecendo porquê, recorda como

Em tempo de lilases que proclama
o desígnio da vigília é sonhar,
recorda assim (esquecendo parece)

Em tempo de rosas (que assombram
o nosso agora e aqui com o paraíso)
esquecendo se, recorda sim

Em tempo de todas as doçuras para além
do que quer que a mente possa entender,
recorda busca (esquecendo acha)

E num mistério a haver
(quando o tempo do tempo nos livrar)
esquecendo-me, recorda-me

(Poema de E. E. Cummings)

Os desenhos apresentados, fazem parte de uma colecção da autoria da Sulista, que tão generosamente me ofereceu pelo meu aniversário e a quem deixo o meu sincero agradecimento com um abraço muito especial.


(Tema musical:Mike Oldfield-The Orchestral Tubular Bells)

52 comentários:

AS disse...

Um lindo soneto com um subtil jogo de palavras...

Um beijinho e bom fim de semana... Com menos calor!!!

romero disse...

Lindo poema, sabes que tu blog es precioso demas. Siempre buenos poemas,ilustraciones guapisimas y una musica maravillosa.
Besito y bueno fin de semana

Charlotte disse...

Muito bonito soneto, bem ilustrado. Um beijo

Maria do Ceu disse...

Encantadora esta arte, lindo o seu post. Beijinhos, Maria do Céu.

Sulista disse...

Sorry pelo atraso mas só cheguei há pouco a casa.

Bom, com um post destes...fiquei um bocado sem palavras...que
honra tão grande!

...desde o título, aos desenhos que escolheste, ao poema
(que confesso, tive que o ler 4vezes para o «atingir» e achei-o magnifico), à música (fenomenal conjunção), não sei o que dizer senão que és uma amiga fantástica...estás-me sempre a surpreender pela força que tens!

Continua assim sempre! que é de pessoas assim que a 'gente' precisa na Blogosfera ;-)

Já andava preocupada com o teu 'desaparecimento' mas já li que tiveste problemas informáticos...mas agora vê-se que já está tudo bem ;-)

Olha, um grande Beijinho e um forte Abraço,
Maria João
(A Sulista)

Nota - Conheço mt melhor do que tu possas imaginar essas viagens pelos hospitais e médicos durante anos...já passei tb por esse filme ;-) e «quero-te lá»,
na mesma, no próximo desafio fotográfico, nem que seja para dares um Alô ao pessoal e a honra da tua Visita no meu Bloguito!

Ah, esta música....tb é das minhas preferidas...Caramba!!
Mais Beijinhos

Afrodite disse...

Os amigos dos meus amigos, meus amigos são, por isso já fui dar uma beijoca à sulista.

Para ti,
§(~_~)§ beijo da Afrodite

titas disse...

que bem me soam estes poemas ditos por ti, no aconchego da tua casa ...

//(~_~)\\ um beijo da Titas

Ana disse...

Foi bom entrar pela primeira vez em tua casa. Volta à minha sempre que quiseres...serás benvinda!
Um beijo.

amita disse...

Jogando com as palavras Cummings fez um maravilhoso poema(E num mistério a haver/quando o tempo do tempo nos livrar/esquecendo-me, recorda-me). Encantador o presente da Sulista (parabéns para ela).Jinhos e bfs amiga

lobices disse...

"...E num mistério a haver
(quando o tempo do tempo nos livrar)esquecendo-me, recorda-me"
...
...beijinho grande

Sulista disse...

Ok...lá ficarei à tua espera à noitinha...ou amanhã ;-)

Aiiii esta música...é do melhor!

Obrigada pelo email e o comentário :-)

Bom Domingo, cheio de força e energia !
Abraço

TMara disse...

a estranheza do texto liga bem com a estranheza dos desenhos. Bjocas

TMara disse...

a estranheza do texto liga bem com a estranheza dos desenhos. Bjocas

Mitsou disse...

Soube-me bem reler este poeta. Falta-nos o tempo para estas revisitas a leituras da juventude e que agora lemos com um outro olhar. Bem hajas por isso, linda. Um beijinho muito terno e bom domingo a inciiar uma óptima semana :)*

Cláudia disse...

Olá! :o)
Muito bonito, este poema...
Quanto aos quadros de flores secas já fiz muitos, podes ver aqui alguns: http://albums.photo.epson.com/j/AlbumIndex?u=4251925&a=31475605&f=
, mas a maior parte ofereci a amigos e esqueci-me de ficar com uma foto... É impossível fazer reproduções, porque cada flor e folha são diferentes, mas posso sempre fazer segundo uma inspiração - paisagem, jarro, livre, outonal, etc. Se quiseres algum diz qualquer coisa, como moras perto entrego-to em mão se quiseres. Para vender neste momento só mesmo aqueles que tenho no meu blog, mas faço facilmente outros, é algo que me dá muito prazer. Ah, e não, não tenho nada em nenhum estabelecimente, nunca me lembrei de procurar fazer isso ;o) Beijinhos

Fallen_Angel disse...

olá...
eu sou o spike e venho te agradecer o facto de teres comentado o blog da minha dona :O)
tareco kero te dizer q tens uns olgos muito lindos :O) e t sting és muito giru :O)

muitas lambidelas para vcs e para a menina marota um bjinho da minmha dona :O)

eu e a fallen angel esperamos q vcs nos voltem a visitar :O)

Fallen_Angel disse...

já agora bom domingo :O)

bjinho

batista filho disse...

Parabéns pelos sugestivos desenhos de Sulista, pelo poema belo de Cummings, a ti: que juntaste os dois (três!), e tal qual um belo buquê, aqui deixaste, pra nosso contentamento! Bom domingo.

batista filho disse...

MM, tomei a liberdade de "expor" o teu comentário no meu/nosso blog. "Brigadinho"!

Elvira Bill disse...

Gosto muito da poesia de Cummings.
Boa escolha, bem como a dos desenhos do Sulista.
Beijos

lazuli disse...

que imagens tão bonitas..e o poema associa-se bem, está simplesmente delicioso. Um beijo grande. fernanda

http://Diario365.blogs.sapo.pt disse...

Acusado de traição a data altura de sua vida e internado num manicómio, E.E. Cummings deixou-nos
"Tulips and Chiinneys"; adorável simplesmente. Parabens pela escolha e pela partilha de tão maravilhoso poema, deveras lindo e ilustra a realidade. Beijinhos grandes

wind disse...

Bonito poema e boas ilustrações:) beijos

LUA DE LOBOS disse...

como sempre escolhas preciosas.Aqui estou a retribuir a visita e deixar, se me permitires a indicação de um blog precioso para quem ainda tem coragem de se preocupar com o nosso tão maltratado País
http://ofuraoindiscreto.blogspot.com/
xi
maria

Leonoretta disse...

ola marota
para ja, antes de mais, adoro quando passas por mim e me dizes ola. em segundo lugar és das poucas pessoas que publicam um poema que nao e seu e o assinam com o nome do autor respectivo e em terceiro lugar, e.e. cummings é o grande responsavel por me iniciar no uso das minusculas, fazendo a vida negra aos meus professores e a minha tambem, até que houve um que ou me chumbava ou escrevia como devia ser. rssssssssss
escrevi como devia ser.

beijinho da leonor

Laura Antunes disse...

Lindissimo... Abraço Laura

in_finito disse...

Gostei muito da arte da sulista e de reler E.E.Cummings. No conjunto, um post muito bem conseguido.
Obrigada pela tua visita. Um abraço

Sulista disse...

Viva MeninaMarota !

Muito prazer me dá rever este teu post e ler os comentários tds
:-)))))

infelizmente, só logo muito
mais tarde terei tempo de
publicar o 4ºdesafio
fotográfico...assim, até logo
ou amanhã...

(torno a dizer,
esta música...ai ai...)

Um grande Abraço e
um bom resto de fds ;-)
Sulista

BlueShell disse...

Sim, conheço a sulista. Jinho, BShell

JPD disse...

Bonito.
Bjs

Cláudia disse...

Bela escolha de poema! Lindas ilustrações! Fantástico som!

"E num mistério a haver(...)"

E não há sempre mistério? Não somos nós mistério? E este dia a dia irreversível a que chamamos VIDA o que é senão o maior e mais intrigante dos mistérios?

Bom início de semana! :)

Sulista disse...

MeninaMarota
eu ainda estava a acbar de publicar o post e tive que fazer algumas alterações nas fotos. Como tal, a ordem delas alterou-se e as tuas respostas já não batem certo...todavia, sorry mas só acertaste numa delas ;-)

Mas mt obrigada pela tua participação e interesse imediato no Desafio!! e amanhã aparece de novo :-)

Beijinho Grande

perola&granito disse...

Queres visitar o nosso blog?

maresia_mar disse...

Mais um bonito soneto, a qualidade a que já nos habituaste.. Os desenho são magníficos.. Uma boa semana amiga

O Micróbio disse...

Gosto imenso da música... Mike Oldfield é divinal e só de pensar que uma música como o Tunbular Bells foi composto pelo Mike Oldfield quando tinha apenas 17 anos. E que a música foi composta para cerca de setenta e tal instrumentos... é obra!

Passo disse...

:) belo poem, os desenhos tao um espectaculo . .qt ha musica :) gosto mt de MO :)

Heloisa B.P disse...

POEMA Extraordinario!
DESENHOS, BELISSIMOS, tambem extraordinarios!
_Sempre mais AZUL**************ESTE ESPACO DE *ARTE E AMIZADE*!!!!!
Meu Abraco muito Amigo e meu muito OBRIGADa pela sua Gentil Visita!
Heloisa.
*******************

azurara disse...

Olá Marota.
Então também tem desenhos da Maria João, hem?
A rapariga é fixe.
E também viu e ouviu as russas.
Mas eu acho que gostei mais do que a menina.
Aquela Elena dos olhos amendoados... era... uma instrumentista de primeira água.

Beijo

Anónimo disse...

Música LINDA!!!! O Mike Oldfield é um génio e fez esta obra-prima. AOS 17 ANOS! Incrível, não é? Tubular Bells faz parte do meu imginário de adolescente. Obrigada por me fazeres recordar. Hoje rejuvenesci, sei lá, 20 anos...
E tu, Menina Marota, és mesmo uma marota porque nos 'obrigas' a sonhar.

Maria

Ritinha disse...

Muito bonitos os desenhos... e o gesto.

Beijos

a disse...

olá! vim agradecer a visita e os comentários... já por cá tinha andado e como tinha gostado já te tinha linkado para tornar mais fácil cá voltar... beijinhos e até breve

Anónimo disse...

olá menina marota parabéns pelo teu blog: é fantastico. gostava de te convidar a visitar tb o meu:www.amcosta.blogs.sapo.pt
e não sejas marota-jinhos

Sulista disse...

Olá :-)
Obrigada pelos teus Comentários lá no bloguito...são sempre engraçados...fazes-me sempre sorrir....eheheheheheehe

Olha, uma vez que mudaste de música (tb bonita esta do Mike Oldfield...aos anos que ouvia isto...), dás-me o endereço da música que cá tinhas antes, do Bon Jovi, não era??

Se puder ser e não te impportares, agradeço-te :-)))))

Beijinho Grande

soldeinverno disse...

muito bonitos... uma prenda linda... Jinhuz

EU nos dias e Hoje disse...

Excelente o jogo de palavras... Tens muito bom gosto como indicam as tuas fabulosas escolhas que cativam qualquer um.

Boa semana

Lumife disse...

Óptima escolha. Gostei muito.

henrique doria disse...

Em tempo de narcisos, em tempo de amor em que nos perdemos quando procurávamos encontrar-nos.Ainda poderemos fazê-lo?Beijos.

Friedrich disse...

Estás sempre a surpreender-me Marota, as imagens a música e o poema, além de saberes que raramente comento os poemas que postas de outros poetas que não tu.

Este de Edward Estlin Cummings merece este meu comentário pelo conjunto apesar de julgar que a tradução do poema não é fiel à sua origem...

Um beijo deste fiel amigo

maresia_mar disse...

Até setembro.. Lá fora, tenho um mundo à minha espera. I'll miss you. Bjhs

Elvira Bill disse...

Então? Não se escreve?

Espectro #999 disse...

Só para dizer que:
Além da beleza contextual deste teu artigo, tenho brevemente algo a oferecer-te.
Não tenhas pressa, nem curiosidade em saber que tipo de coisa é. O momento, quando chegar será algo que te irá deixar muito bem disposta.

Beijocas e inté.

agua_quente disse...

Gostei muito dos desenhos e do poema. Ando a dar a volta pelos amigos, apesar de ainda estar de férias. beijos para ti.