segunda-feira, junho 13, 2005

O sal da língua... Portugal ficou mais pobre...


Imagem daqui



Escuta, escuta: tenho ainda
uma coisa a dizer.
Não é importante, eu sei, não vai
salvar o mundo, não mudará
a vida de ninguém - mas quem
é hoje capaz de salvar o mundo
ou apenas mudar o sentido
da vida de alguém?
Escuta-me, não te demoro.
É coisa pouca, como a chuvinha
que vem vindo devagar.
São três, quatro palavras, pouco
mais. Palavras que te quero confiar,
para que não se extinga o seu lume,
o seu lume breve.
Palavras que muito amei,
que talvez ame ainda.
Elas são a casa, o sal da língua.

Poema de Eugénio de Andrade



Desenho de Álvaro Cunhal



Álvaro Cunhal

"Choram os campos de trigo
E as papoilas vermelhas."


Este foi um verso que nunca mais esqueci, do livro "Até Amanhã, Camaradas", que li em 1977 e que guardo com todo o carinho.
Foi um Homem que ao longo dos anos, aprendi a respeitar, pela coerência e fortes convicções, bem como, pela forma digna de estar em política.

Vasco Gonçalves

Portugal perdeu neste mês de Junho, três referências verdadeiramente dignas. A todos eles, presto a minha humilde homenagem.
Até Amanhã...

40 comentários:

O Micróbio disse...

Realço a figura ímpar de Eugénio de Andrade...

mfc disse...

Eugénio é diferente... ficará para o mundo!
Cunhal, respeito-o pela firmeza das suas convicções.
Vasco pela sua simplicidade e bondade.

Ricardo Leal disse...

Restam poucos desses...

lobices disse...

...reforço e retribuo o teu beijinho lá deixado...:)**

Amaral disse...

Estamos em sintonia. Quem luta por ideais será sempre lembrado, mais por uns, menos por outros, mas sempre reconhecido…

Luís disse...

Eugénio de Andrade, Eugénio, Eugénio, Egénio, Sempre!

persephone disse...

Ficamos mais ricos e nunca pobres.
Connosco ficou o grande tesouro
**

Aluena disse...

Também homenageando tão grande perca.
DOCES AROMAS deixam cheiro a mangerico neste teu cantinho. Vem tomar 1 cafézinho, na esplanada. BJKS.

wind disse...

Bonita homenagem. A obra fica! beijos

AS disse...

MM, permite-me associar-me a esta tua singela mas significativa homenagem a três vultos de tanto talento e humanismo.

Curvo-me perante a sua memória e, como diria Eugénio de Andrade... até breve caro amigo!...

Para ti o meu bem hajas

Angela disse...

Ficamos muito mais pobres.

Vênus disse...

Um silêncio...
Esta música e o poema divino...Bela homenagem ao poeta!
Bj!*.*

Passo disse...

Estamos cada vez mais pobre, já na se fazem senhores como antigamente :-(((

maresia disse...

Que música escutas tão atentamente

Que música escutas tão atentamente
que não dás por mim?
Que bosque, ou rio, ou mar?
Ou é dentro de ti
que tudo canta ainda?
Queria falar contigo,
dizer-te apenas que estou aqui,
mas tenho medo,
medo que toda a música cesse
e tu não possas mais olhar as rosas.
Medo de quebrar o fio
com que teces os dias sem memória.
Com que palavras
ou beijos ou lágrimas
se acordam os mortos sem os ferir,
sem os trazer a esta espuma negra
onde corpos e corpos se repetem,
parcimoniosamente, no meio de sombras?
Deixa-te estar assim,
ó cheia de doçura,
sentada, olhando as rosas,
e tão alheia
que nem dás por mim.
===
Beijos

caterina disse...

Cada um deles seria, por si só, uma perda pesadíssima. Perdemo-los assim, lamentando a sua perda, quase sem saber a quem dar os primeiros cravos.

Anónimo disse...

Portugal perdeu três dos seus melhores Homens!!!
Muito linda a tua homenagem , apreciei muito, especialmente reconhecendo-te como grande democrata que és. Abraço sentido
António Alberto

TMara disse...

junto-me a ti.Bj grande

Luís disse...

Portugal perdeu em dois dias, três grandes figuras que devia[ embora nem sempre foi assim] engrandecer todos os portugueses.
Perdeu-se 3 Homens, fica para a história as suas obras!

Anónimo disse...

Menina, nem precisa pedir permissão para o link ( na verdade, eu nunca peço.)
Não conhecia os personagens que você homenageia aqui, mas gostei do poema.
Gostei muito da música e da voz. Quem é?
Quanto ao seu comentário lá no Língua de Mariposa, obrigada pela companhia.

Nora Borges disse...

Errei em postar o comentário.
Aí vai o link
www.verbeat.org/blogs/linguademariposa

Ana Teresa Bonilha disse...

Vim toda alegrinha retribuir-te a visita... li o poema e encantei-me com a homenagem... saiu pensativa...

oasis dossonhos disse...

Bem hajas pela visita.Partilho também a ausência, o vazio que o desaparecimento destes seres deixou neste lugar. Infelizmente há pessoas que não respeitam o nosso sentimento e há pouco tive uma visita indelicada no meu blog que me obrigou a apagar tudo e a refazer o post sobre Cunhal.Podemos não estar de acordo, mas não insultamos, não é? Enfim, mas o que importa aqui é salientar a beleza que deixaram, porque viveram com convicções, realizaram sonhos e deixam marca. Ao contrário de tantos que passam por esta terra sem nada fazer para transformar os dias...
Beijinhos
Volta sempre
L.

Manuel disse...

Sintonizo com o poeta e reverencio as outras personalidades, se bem que discorde das suas opções e projectos.

Yardbird disse...

Digo o mesmo que o Manuel. Sem tirar nem por
Beijinho, Menina_Marota

P.S.- Quando quiseres pasa no meu:
http://www.osdiasdamusica.blogspot.com/

Friedrich disse...

Sem dúvida que ficamos mais pobres com este desaparecimento terreno, mas as obras ficam nos nossos escaparates para os recordar...

Bonita homenagem a tua!

Beijos

Anónimo disse...

e eu pego de um poeminha que aprendi há muito do Eugenio, que dedico ao Vasco, ao Alvaro e assim a ele, também, de cor:

Madrigal

Tu já tinhas um nome,
e eu não sei se era fonte
ou brisa ou mar ou flor;
nos meus versos, chamar-te-ei Amor!

in "Os Amantes sem Dinheiro"

echomi disse...

e era assim que eu queria um blog, tb, com música e figuras lindas, com só algumas palavras pra ler

amita disse...

Belas homenagens a três figuras que ocuparão o seu lugar na História deste país. Bjinhos amiga

Sulista disse...

Que post tão lindo.
Gostei. Gostei mesmo muito!

Abraço Grande
Sulista

Sulista disse...

Ah! Obrigada por me teres
"linkado"
:-))))
Sulista

Paulo Dâmaso disse...

Morreram duas figuras do sec. XX em Portugal.

Paulo Dâmaso (ex- Patinho Feio), agora em paulodamaso.blogspot.com

Paulo Dâmaso disse...

* corrigir erro: Não "duas" mas sim "três" figuras do Sec. XX em Portugal

Fernando B. disse...

Três Homens. Três valores que partiram, mas as suas sementes renascerão.

Até Sempre para Eles.

Fraterno Beijo para ti.

Ísis disse...

está Linda a tua homenagem!

Beijinho,

Ísis

lique disse...

Não consigo vislumbrar no Portugal actual homens com os seu posicionamento perante a vida e os ideais. Por isso, sinto a perda. Que a obra fica. Beijinhos

Anónimo disse...

Nao há que ser piegas e dizer que portugal perdeu muita coisa...se o cunhal levasse a avante as suas ideias, a menina marota não podia ter um blog.

Cecília disse...

Gostava de dizer ao 'anônimo' do comentário anterior que: 'olhe que não anónimo, olhe que não! O dr. Cunhal nunca chegaria ao poder nessa época! Simplesmente porque o novo tratado de Tordesillas já estava assinado...!

Bela homenagem.

AS AMORAS

O meu país sabe a amoras bravas
no verão.
Ninguém ignora que não é grande,
nem inteligente, nem elegante o meu país,
mas tem esta voz doce
de quem acorda cedo para cantar nas silvas.
Raramente falei do meu país, talvez
nem goste dele, mas quando um amigo
me traz amoras bravas
os seus muros parecem-me brancos,
reparo que também no meu país o céu é azul.

(Eugénio de Andrade)

Um abraço

Elise disse...

Quando soube da morte de Eugênio de Andrade pensei que lhe irias fazer uma bela homenagem. Não me enganei.

Um forte abraço.

c-coutinho@iol.pt disse...

Há um anônimo aí para cima que diz que a menina marota não poderia ter um blog se o dr. Cunhal tivesse chegado ao poder. Eu diria mesmo mais: a menina marota nem chegaria a ser capaz de lançar o dito blog, porque teria há muito sido comida num dos opíparos pequenos almoços, em que toda a gente sabe que o dr. Cunhal e os seus camaradas comiam as criancinhas. Se os preconceitos pagassem impostos, o Estado nadaria em dinheiro.

Anónimo disse...

àlvaro cunhal dedicou toda a sua vida em busca do Homem Novo e de uma sociedade melhor . Por isso a minha homenagem.
www.ovaledospirilampos.blogspot.com